Fim dos computadores está próximo

EmpresasNegócios

Devido à quantidade de dispositivos móveis existentes atualmente, o fim de vida dos computadores aproxima-se. Desktops e notebooks também não deverão durar mais de cinco anos. Estes equipamentos vão ser substituídos nos próximos tempos por equipamentos mais modernos como tablets e smartphones. De acordo com as afirmações do vice-presidente sénior da Qualcomm, os PCs vão-se

Devido à quantidade de dispositivos móveis existentes atualmente, o fim de vida dos computadores aproxima-se. Desktops e notebooks também não deverão durar mais de cinco anos. Estes equipamentos vão ser substituídos nos próximos tempos por equipamentos mais modernos como tablets e smartphones.

shutterstock_95107219De acordo com as afirmações do vice-presidente sénior da Qualcomm, os PCs vão-se tornar mesmo dispensáveis, pois os smartphones e tablets estão a ser melhorados cada vez mais.

“O telefone tem que saber o que o utilizador está a fazer e adaptar-se a isso. Tem que saber se está no carro, numa reunião e agir de acordo com cada situação. Assim que ele entender o estilo de vida do utilizador, automaticamente ele se vai adequar e adaptar a isso”, declara o executivo da Qualcomm.

Raj Talluri diz também que os gadgets vão estar cada vez mais adaptados e capacitados para entender rapidamente as intenções dos utilizadores. No entanto, o vice-presidente pensa que os novos gadgets que têm saído para o mercado, como relógios e óculos inteligentes, não vão substituir os atuais smartphones. “As pessoas não vão deixar de os usar, no entanto vão verificar o telemóvel menos vezes, uma vez que as notificações/informações estarão já nos relógios, e estas duas tecnologias vão-se complementar”, diz Talluri.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor