Filmin é a nova plataforma de Video on Demand em Portugal

Negócios
0 0 Sem Comentários

Desde ontem que Portugal tem mais uma plataforma Video on Demand mas, desta vez, dedicada ao cinema independente. Trata-se de uma comunidade online para todos os apaixonados por cinema de autor disponível no computador, tablet, smartphone e brevemente nas smartTVs.

A Filmin foi fundada em Espanha em 2008 e está presente no México desde o ano passado. Chega agora a Portugal através do apoio da União Europeia com o  programa Media da Europa Criativa.

A plataforma está acessível através do link www.filmin.pt e oferece um catálogo de 500 filmes disponíveis na língua original, legendados em Português e, na maioria, em alta definição. 

No evento de lançamento, os responsáveis da Filmin indicaram que o objectivo é simplificar o consumo de cinema independente através de uma solução de fácil utilização.

A subscrição mensal tem o valor de 6,95€ mas até final do ano, há uma promoção que oferece um mês adicional, ou seja, serão ativados dois meses. A subscrição é realizada mensalmente sem fidelização obrigatória. Será possível também alugar filmes à unidade, durante 72 horas, com valores entre 1,95€ e 3,95€.

As formas de pagamento aceites são cartão de crédito ou PayPal.

“Filmin e um projeto que chega a Portugal numa altura de grandes mudanças em relação à forma como vemos filmes. Existe uma grande vontade de ver cinema em contraste com um número sempre maior de produções de qualidade que não conseguem alcançar uma mínima visibilidade no mercado. Por esta razão fizemos um grande investimento na linha editorial, com uma programação adaptada ao contexto cultural e social do nosso país, tentando, ao mesmo tempo, abordar os temas que mais possam interessar um público atento e transversal como o nosso. Estamos também a desenvolver colaborações com varias realidades ligadas à indústria do cinema e da cultura do país, essenciais para o desenvolvimento deste projeto, apostando quer em filmes internacionais, quer em produções nacionais, às quais dedicamos um espaço específico e alargado”, refereiu em comunicado a direção de Filmin Portugal.

Destaque para a antestreia online, no dia 19 de novembro, do último documentário de Werner Herzog, Eis o Admirável Mundo em Rede (Lo and Behold, Reveries of the Connected World) sobre a internet e o mundo conectado

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor