FBI: método para desbloquear iPhone não funciona em modelos novos

GestãoMobilidadeSegurança
0 4 Sem Comentários

E a polémica continua em torno do desbloqueio do iPhone. O método secreto encontrado pelo FBI para desbloquear um iPhone 5c usado por um dos atiradores de San Bernardino não funciona em modelos mais recentes de smartphones da Apple. Disse o diretor do FBI James Comey.

“Temos uma ferramenta que funciona numa parcela estreita de smartphones”, disse Comey a jornalistas durante uma conferência sobre criptografia e vigilância realizada numa universidade dos EUA, no dia 6 de abril.

O diretor do FBI acrescentou que a técnica não funciona no iPhone 5s e nos modelos mais recentes iPhone 6 e 6s. O iPhone 5c foi lançado em 2013 e desde então foi descontinuado pela Apple.

Departamento de Justiça dos EUA afirmou em março que tinha desbloqueado o smartphone do atirador de San Bernardino com a ajuda de uma terceira parte não identificada. Com isso, o departamento retirou a ação judicial em que tentava forçar a Apple a ajudar a desbloquear o aparelho.

Noutro caso, o departamento pediu para um tribunal de Nova Iorque forçar a Apple a desbloquear um iPhone 5s relacionado com uma investigação sobre drogas.

Se o governo continuar a insistir no caso contra a empresa, a Apple poderá potencialmente usar um recurso legal para forçar o FBI a revelar que técnica usou para desbloquear o smartphone do atirador de San Bernardino, afirmou uma fonte com conhecimento do assunto à Reuters. Representantes da Apple e do FBI não estavam disponíveis de imediato para comentarem o assunto.

FBI começou, esta semana, a informar alguns senadores dos EUA sobre o método que usou para desbloquear o smartphone do atirador de San Bernardino.

*Com reportagem de Narottam Medhora e Dustin Volz, da Reuters


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor