FBI alerta retalhistas para mais falhas de segurança

e-Commercee-MarketingSegurança

O FBI alertou os retalhistas norte-americanos para se prepararem para mais ciberataques. O aviso foi feito depois de a agência policial ter descoberto cerca de 20 casos de hacking em 2013 que envolveram malwares usados contra a empresa Target na época natalícia. A Federal Bureau of Investigation distribuiu um relatório confidencial de três páginas para avisar

O FBI alertou os retalhistas norte-americanos para se prepararem para mais ciberataques. O aviso foi feito depois de a agência policial ter descoberto cerca de 20 casos de hacking em 2013 que envolveram malwares usados contra a empresa Target na época natalícia.

image

Federal Bureau of Investigation distribuiu um relatório confidencial de três páginas para avisar as empresas de retalho dos riscos deste tipo de malware que infeta sistemas point-of-sale (POS), onde se incluem caixas registadoras e máquinas de cartões de débito e crédito.

Segundo o FBI, “o crime através do malware POS continuará a crescer ao longo do próximo trimestre, apesar da lei e ações das empresas de segurança estarem cada vez mais severas e apertadas”.

O malware consegue aceder a fóruns online com bastante facilidade, assim como alterar a informação em sites de segurança, o que representa um grande desafio para as empresas de segurança online.

Desde o ataque, que os retalhistas, portadores de cartões de crédito e débito e os executivos das indústrias bancárias têm ficado bastante preocupados da falta de segurança de pagamento na Target.

O ciberataque feito à Target conseguiu decorrer 19 dias sem ser detetado, o que resultou no roubo de mais de 40 milhões de cartões de crédito e débito, bem como nas informações pessoais de 70 milhões de clientes.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor