Farfetch e JD.com fazem parceria para entrada de marcas de luxo na China

e-Commercee-MarketingEmpresasNegócios

O maior retalhista na China e a portuguesa Farfetch estabeleceram uma colaboração para criar a maior plataforma para marcas de luxo para o mercado chinês, avaliado em 80 mil miliões de dólares.

A Farfetch tem operações na China. contando com parcerias com cerca de 200 marcas de luxo e mais de 500 retalhistas multimarca e alia-se à gigante de e-commerce JD para reforçar o reconhecimento e notoriedade da marca, assim como, a vendas no mercado asiático.

A colaboração inclui as áreas de logística, marketing, tecnologia e social media, nas quais se incluem a parceria com a WeChat, criando uma experiência de compra e de marca sem barreiras sob o nome Farfetch.

As sinergias e forças criadas pela parceria beneficiam também as 700 marcas e boutiques parceiras da Farfetch, permitindo-lhe acesso rápido ao mercado de luxo na China. Além disso, a presença local também oferece capacidades omni-canal globais incluindo por exemplo serviços como o click & collect e as devoluções em loja, ligando as lojas físicas das marcas no país asiático aos consumidores.

Os esforços conjuntos das duas empresas também incluirão o alavancar da BlackDragon, uma plataforma tecnológica de marketing digital para diferentes áreas de retalho, e-commerce, tecnologia, finanças, viagens, educação e automóvel. 

Nos últimos dois anos, a JD promoveu eventos de moda em Nova Iorque, Milão, Londres, Beijing e Shangai e, em 2017, a subsidiária JD Fashion deu um grande impulso às áreas de luxo e moda, lançando várias marcas internacionais chave no site, incluindo Armani, Swarovski e Zenith.

A JD.com vai tornar-se um dos maiores acionistas da Farfetch, com um investimento de 397 milhões de dólares e com Richard Liu, fundador e CEO da JD.com a integrar o conselho de administração da startup portuguesa.

“Integrada na nossa estratégia de impulsionamento na área de luxo, não poderiamos ter encontrado um parceiro online mais forte do que a Farfetch,” refere, em comunicado Richard Liu, Chairman e CEO da JD.com.

“Sempre acreditamos que a tendência de longo prazo no e-commerce chinês seria no sentido da qualidade e esta parceria com a Farfetch amplia a nossa liderança no mercado de consumo em mobile. Queremos aprofundar as nossas relações com a Farfetch e com marcas de luxo nos próximos meses e anos”, acrescenta o executivo.

“Estamos profundamente orgulhosos e entusiasmados por anunciar esta parceria com o Richard Liu e com a JD.com,” indica José Neves, Fundador, Co-Chairman e CEO da Farfetch. “A China é o segundo maior mercado de luxo e nós estamos encantados em ter connosco um parceiro tão respeitado, conhecido pela sua estrita proteção de IP com que se relaciona com os consumidores de luxo chineses. Esta parceria endereça os desafios deste mercado combinando a marca Farfetch e a sua capacidade de curadoria com a escala e influência de um gigante de e-commerce Chinês. Esta parceria estratégica permitirá às marcas um acesso imediato e sem barreiras ao consumidor e compradores de luxo chineses com acesso à melhor seleção de luxo, num estilo de vida omni-canal que já adotaram”, finaliza o responsável.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor