Facebook e MiudosSegurosNa.Net lançam campanha “Pensa Antes de Partilhar”

ProjetosSegurança
0 0 Sem Comentários

O Facebook e a plataforma MiudosSegurosNa.Net lançaram a campanha “Pensa Antes de Partilhar”, com o objetivo de oferecer aos jovens, pais e educadores os conselhos e ferramentas necessários para os ajudar a aumentar a sua proteção online.

A iniciativa tem como base os resultados do estudo “Os Jovens Portugueses e o uso das plataformas sociais na Internet”, que analisa os hábitos e comportamentos dos jovens entre os 14 e os 18 anos.  Alguns dos aspetos que foram tidos em conta neste estudo centram-se no uso que fazem da Internet, como gerem a sua presença online ou que estratégias utilizam perante situações incómodas.

De acordo com o inquérito, os jovens portugueses acedem à Internet maioritariamente através do telemóvel (85%) e do tablet (64%) e são mais ativos à medida que crescem, sendo os de 17 e 18 anos os que mais atividade têm, com uma média de 3,5 contas em plataformas sociais.

Apenas 5% dos jovens inquiridos afirma ter enfrentado situações incómodas em alguma das plataformas sociais no último ano e, desses, só 1,5% considerou ser um problema sério. Nestes casos, a primeira opção dos jovens seria pedir ajuda, especialmente aos pais, amigos e às autoridades.

Apesar de apenas 34% dos jovens assumirem que receberam informação sobre as ferramentas de privacidade (22% foram informados pelos pais, 10% por outras pessoas e 2% pelos professores), este é um tema pelo qual se interessam e onde são muito ativos. 80% dos jovens inquiridos já utilizou a configuração de privacidade para bloquear alguém, principalmente as raparigas (85%). No que diz respeito à partilha de passwords, 50% afirma que nunca as partilharia e a outra metade partilharia com os pais (54%), com o melhor amigo ou com o namorado/ namorada (ambas com 34%).

Juntamente com a privacidade, os jovens preocupam-se com os conteúdos partilhados, conscientes de que certos comentários ou fotos podem ser inapropriados e podem mesmo magoar alguém. Também têm em conta quem vê os seus conteúdos e tentam que sejam adequados à sua audiência. A quase totalidade dos jovens inquiridos (94%) considera que não é correto publicar uma foto negativa ou embaraçosa de alguém e 69% acha que o correto é perguntar sempre antes de publicar imagens de outras pessoas, mesmo que essas imagens sejam boas.

Para a maioria dos jovens é claro como devem atuar no caso de receberem comentários desagradáveis. 72% tentaria resolver o problema sozinho contactando a pessoa que tivesse publicado esse conteúdo e em 50% das situações pediria ajuda a alguém. Neste sentido, mais de metade dos jovens já alguma vez pediu a alguém que apagasse um conteúdo sobre si.

O guia “Pensa Antes de Partilhar” pode ser descarregado brevemente a partir do Centro de Segurança para Famílias em https://www.facebook.com/safety.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor