Facebook disponibiliza componentes de data centers

CloudData CenterData-StorageOpen-SourceSoftware

Num evento que contou com milhares de participantes, o Facebook anunciou a disponibilização do design de duas componentes essenciais aos seus data centers. A decisão surge sob o mote do Open Compute Project, uma iniciativa que pretende fomentar a partilha aberta entre empresas e programadores, e reduzir os custos de desenvolvimento. Ao todo, o Facebook terá poupado

Num evento que contou com milhares de participantes, o Facebook anunciou a disponibilização do design de duas componentes essenciais aos seus data centers. A decisão surge sob o mote do Open Compute Project, uma iniciativa que pretende fomentar a partilha aberta entre empresas e programadores, e reduzir os custos de desenvolvimento.

servidor-facebook-e1394452465592

Ao todo, o Facebook terá poupado cerca de dois mil milhões de dólares, nos últimos três anos, através da otimização dos seus data centers, redes e software. Esta marca impressiona as restantes empresas que querem, por isso, ter acesso ao mesmo tipo de estruturas e soluções de que o Facebook dispõe para conseguir reduzir os custos.

Durante o Open Compute Summit desta semana, o Facebook anunciou a disponibilização de dois componentes, considerados cruciais para a produtividade da empresa, em regime de open source. O design destes dois produtos será entregue a várias fabricantes para que possam reproduzir os componentes e, depois, distribuí-los por todos os interessados.

O design de ambos foi desenvolvido a pensar em largos fluxos de informação, de modo a suportar quantidades de dados superiores àquelas que, até aqui, seriam consideradas adequadas. De acordo com a apresentação do Facebook, neste evento, a tendência ditará que cada vez mais empresas necessitarão de estruturas que sejam capazes de gerir este tipo de carga e que essa é uma das razões para a disponibilização livre dos componentes.

Para além dos componentes, o Facebook anunciou também a disponibilização de software de suporte para que as novas soluções possam ser aplicadas nos data centers sem problemas.

Um dos produtos em causa é conhecido por Wedge e refere-se a um interruptor de rede que permite a criação de interruptores maiores a partir dos mais pequenos, de modo a facilitar o movimento dos dados entre as diferentes estruturas do servidor. O outro componente diz respeito a um servidor de baixo consumo que envolve um semicondutor da Intel.

Este tipo de estratégia do Facebook vai ao encontro da filosofia do Open Compute Project, uma iniciativa criada por Zuckerberg, em 2011, com o intuito de tornar mais democrático o universo tecnológico. Mas os benefícios não estão apenas relacionados com ideais democráticos, incluindo também vantagens financeiras ao colocar de forma livre, na mesma plataforma, produtos de todas as principais empresas do setor. Isto permite baixar os custos da produção e melhorar o produto ainda em fase de criação já que todos os participantes do Open Compute Project poderão dar sugestões.

No mesmo evento, esteve presente também a HP que apresentou igualmente um projeto que passa pela redução de custos para as empresas. Uma parceria com a Foxconn permitiu a criação de servidores mais baratos a pensar na cloud.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor