Facebook aumenta receitas por anúncios em dispositivos móveis

e-MarketingEmpresasMobilidadeNegócios

O Facebook conseguiu aumentar as suas receitas, lucros e número de utilizadores através de tablets e telemóveis. No último trimestre, a percentagem das receitas de publicidade do Facebook aumentou em quase 50 por cento. Este crescimento foi resultado de estratégicas da empresa que visavam colocar anúncios em telemóveis e em tablets, dispositivos estes considerados o

O Facebook conseguiu aumentar as suas receitas, lucros e número de utilizadores através de tablets e telemóveis.

Facebook

No último trimestre, a percentagem das receitas de publicidade do Facebook aumentou em quase 50 por cento. Este crescimento foi resultado de estratégicas da empresa que visavam colocar anúncios em telemóveis e em tablets, dispositivos estes considerados o maior dos inimigos da rede social.

A dias de celebrar uma década de existência, o Facebook mostrou ter sido capaz de aumentar as suas receitas, o lucro e ainda o número de utilizadores. Apenas no ano passado, o total das receitas rondou os 5760 milhões de euros, o que resultou num aumento de mais de 50 por cento relativamente ao ano de 2012.

Em dezembro de 2013, o número de utilizadores diários da rede social chegou perto dos 751 milhões, o que representou um aumento superior a 22 por cento face a 2012. Já nos aparelhos móveis, registou-se um aumento de 49 por cento, o que corresponde a cerca de 556 milhões de utilizadores diários.

Relativamente ao último trimestre do passado ano de 2013, o Facebook arrecadou 2585 milhões de dólares, mais de 63 por cento relativamente ao mesmo período de 2012.

A transição dos utilizadores para dispositivos portáteis e a resultante incapacidade da empresa de os tornar rentáveis, constitui uma das maiores preocupações dos seus investidores, fator que se refletiu no fracasso na bolsa em Maio de 2012. No entanto, a empresa conseguiu recuperar e tem vindo a demonstrar um crescimento gradual nas receitas dos dispositivos móveis.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor