F Ramada implementa ferramenta de BI da Qlik

Business IntelligenceData-StorageNegóciosSoftware

A F Ramada, empresa portuguesa especializada em aços especiais e sistemas de armazenagem, cotada em bolsa, escolheu a solução de Business Intelligence QlikView para consolidar a informação de vários sistemas e facilitar a gestão da mesma. O QlikView foi implementado junto de 30 utilizadores críticos, que estão presentes em todos os níveis da organização. A

A F Ramada, empresa portuguesa especializada em aços especiais e sistemas de armazenagem, cotada em bolsa, escolheu a solução de Business Intelligence QlikView para consolidar a informação de vários sistemas e facilitar a gestão da mesma. O QlikView foi implementado junto de 30 utilizadores críticos, que estão presentes em todos os níveis da organização.

QlikView

A F Ramada consiste num grupo de empresas com 79 anos de mercado, que desenvolve a sua atividade em três grandes áreas – aços especiais, soluções de armazenagem e gestão de ativos florestais –, integrando atualmente cerca de 400 colaboradores.

A empresa pretendia uma plataforma que integrasse a informação das funções críticas da organização – Financeira, Controlo de Gestão, Produção, Logística e Comercial – gerando analítica em permanência para uma melhor tomada de decisões e que fosse user-friendly. A escolha acabou por recair sobre a solução da Qlik.

Como indicadores-chave foram utilizados a medição da análise e consolidação financeira (demonstração de resultados, balanço, NFM e TMR), a análise comercial (dashboards de venda, entre outros), a análise de stocks (análise da evolução do stock e cobertura), o controlo de gestão, a gestão de produção (tempo médio de entrega, produtividade, entre outros), e a tesouraria (free cash flow).

“Escolhemos a solução QlikView pela simplicidade, rápido processo de implementação e preço reduzido que demonstrou perante as outras ofertas disponíveis no mercado”, afirma Jorge Oliveira, Diretor de Sistemas de Informação da F Ramada. “Duas semanas após o arranque do projeto foi possível ter muito mais informação disponível aos utilizadores e garantir o desenvolvimento de novos mapas, disponibilizando-os aos utilizadores nos mais variados equipamentos (móveis), de forma mais rápida que antes pois eram feitos manualmente”, acrescenta.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor