Expostos dados de 50 mil condutores Uber

Segurança

A Uber anunciou ter sido vítima de um ataque cibernético que resultou no roubo de informações de milhares de condutores. Até agora, não existem evidências de que as informações a que o hacker teve acesso tenham sido utilizadas mas a Uber instaurou um processo para descobrir o responsável. O número de empresas a admitir falhas

A Uber anunciou ter sido vítima de um ataque cibernético que resultou no roubo de informações de milhares de condutores. Até agora, não existem evidências de que as informações a que o hacker teve acesso tenham sido utilizadas mas a Uber instaurou um processo para descobrir o responsável.

uber

O número de empresas a admitir falhas de segurança digitais, recentemente, tem tornado a questão da pirataria cada vez mais preocupante para os utilizadores e para os profissionais que correm o risco de ver as suas informações privadas expostas indevidamente.

O caso mais recente aconteceu com a Uber que anunciou o roubo de dados de quase 50 mil motoristas. A empresa terá descoberto o incidente no final de 2014 mas os eventos reportam a maio desse ano, altura em que alguém terá invadido os servidores da empresa e acedido a milhares de identificações e matrículas.

No blog oficial, Katherine Tassi, responsável de privacidade da Uber, explica que este foi um evento singular mas que tanto atuais empregados como anteriores motoristas terão sido afetados por esta falha de segurança. Tassi garante que os sistemas foram imediatamente reforçados para que utilizadores sem permissão não consigam aceder a dados confidenciais.

De acordo com o comunicado, todos os motoristas estão a ser alertados mas, até agora, nenhum destes profissionais terá reportado incidentes ou “utilização indevida de informações como resultado deste incidente”.

Para diminuir os danos causados, a Uber anunciou que irá oferecer aos condutores afetados um ano gratuito de um serviço de proteção de identidade, o Experian’s ProtectMyID Alert. Para além disso, a empresa segue para tribunal com um processo que deverá ajudar a descobrir o responsável pelo ataque.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor