Exército utiliza plataforma de treino de cibersegurança da Indra

CyberwarSegurança

A FEE(P) Cyber Range será usada pelo Exército Português durante o Ciberdefesa Nacional Ciber Perseu 2017. O exercício, que terá lugar no próximo mês de Novembro, contará com a participação de especialistas de ciberdefesa das Forças Armadas, empresas de cibersegurança e organismos civis.

A FEE(P) Cyber Range, apresentada no passado mês de maio, é uma plataforma que permite simular ambientes operacionais reais para a formação e treino, assim como experimentar, testar e validar novos conceitos, tecnologias, técnicas e táticas de cibersegurança e ciberdefesa.

O exercício Cyber Perseu, que se realiza anualmente desde 2012, tem como objetivo reforçar o treino dos efetivos das Forças Armadas em matéria de ciberdefesa e vai usar, pela primeira vez a solução da Indra.

O Exército Português vai coordenar o exercício que, utilizando a plataforma, quer colocar à prova as capacidades das forças de segurança nacionais para neutralizar de forma coordenada um ciberataque global.

Além do mais, a experiência vai permitir ter acesso a conceitos inovadores de cibersegurança que ajudem a estabelecer as melhores práticas a nível nacional, assim como detetar talentos para reforçar o grupo de especialistas do Exército.

Portugal quer ser pioneiro e uma referência no setor cibersegurança e, nesse sentido, vai acolher a sede da Escola de Sistemas de Informação e Comunicação da NATO.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor