Exclusive Group reforçar expansão com financiamento

Negócios

O Exclusive Group conseguiu um financiamento superior a 100 milhões de euros para alimentar a sua estratégia de expansão internacional, para fortalecer as suas unidades de negócio existentes e para explorar novas fontes de receitas. Com esta injeção de capital, a Cobepa, uma empresa privada de investimentos com um valor de 1,6 mil milhões de

O Exclusive Group conseguiu um financiamento superior a 100 milhões de euros para alimentar a sua estratégia de expansão internacional, para fortalecer as suas unidades de negócio existentes e para explorar novas fontes de receitas.

ciclos-de-investimentos

Com esta injeção de capital, a Cobepa, uma empresa privada de investimentos com um valor de 1,6 mil milhões de dólares, torna-se investidora do Exclusive Group.

A par da Cobepa, também a britânica Intermediate Capital Group financiou o conglomerado tecnológico, permitindo, assim, que este adquira as munições necessárias para catapultar o seu negócio para o próximo estágio de crescimento.

O Exclusive Group pretende alcançar receitas na ordem dos mil milhões de euros até 2017, objetivo que é reforçado com os investimentos conseguidos, diz o diretor executivo Olivier Breittmayer. O grupo vai conseguir, ainda, aprimorar os seus serviços existentes, desenvolver outros tantos e explorar novas oportunidades de negócio nos mercados onde se movimenta.

O reforço da sua unidade Big Technology (para transformação de centros de dados), a ampliação do alcance da sua divisão de leasing Exclusive Capital e o desenvolvimento do negócio ITEC de logística e serviços são algumas das aplicações dos investimentos.

“O Exclusive Group representa na perfeição o tipo de organizações em que pretendemos investir: trata-se de uma companhia bem estabelecida, com um modelo de negócio sólido, uma posição sustentável no mercado e uma forte equipa de gestão”, comenta, em comunicado, Jean-Marie Laurent Josi, diretor-geral da Cobepa.

Fontes oficiais do Exclusive Group disseram à B!T que a percentagem de negócio que passou para as mãos da Cobepa é confidencial e, como tal, não pode ser revelada.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor