Exclusive Group aposta no mercado norte-americano

EmpresasNegócios

A distribuidora de valor acrescentado (VAD) anunciou hoje o lançamento de sua marca “Disruptive Distribution” no mercado norte-americano e a nomeação de Patrick Huth como Vice-Presidente de Alliances Americas, para liderar as operações nos EUA e expandir a atuação do Exclusive Group em todo o mundo.

O novo  vice-presidente terá a responsabilidade de aumentar as alianças entre fabricantes e parceiros nos Estados Unidos, expandindo a internacionalização da companhia que só na EMEA e APAC, teve, em 2016, receitas totais 1,3 mil milhões de euros.

“Os EUA são um dos principais objetivos da nossa expansão global e vemos grandes oportunidades para o nosso negócio conjunto com fabricantes, fornecedores de serviços e os parceiros integradores de sistemas chave. Como VP Alliances, Patrick Huth desempenhará um papel importante na conversão dessas oportunidades em resultados”, indicou, em comunicado, Barrie Desmond, COO do Exclusive Group.

“Somos o único VAD global com sede na Europa, mas parece que estamos a voltar a casa. Muitos dos nossos parceiros estão sedeados nos EUA e entendem o nosso valor único no sucesso acelerado do mercado, combinando escala global com um compromisso genuíno com o valor. O plano a curto prazo é aproveitar a experiência de mercado de Patrick Huth e o seu histórico fenomenal, de modo que assegurar a relevância local à medida que aplicamos a nossa bem sucedida fórmula”, acrescentou o executivo.

Patrick Huth tem quase 40 anos de experiência na distribuição, tanto no mercado americano como global, sendo por esse facto uma peça chave no novo capítulo do Exclusive Group.

“A reputação da Exclusive é bem conhecida e admirada como uma força importante na oferta de um tipo diferente de distribuição, e estou extremamente entusiasmado com a oportunidade que temos de expandir as nossas parcerias globais”, referiu o ex-responsável de canal. “A nossas carteira de fabricantes de TI , tanto a nível de cibersegurança como em datacenter, está fortemente direcionada a tecnologias altamente inovadoras e disruptivas, gerando imenso valor. Os parceiros sedeados nos Estados Unidos têm agora uma nova opção para conseguir acordos mundiais e um maior valor nos seus negócios”, finalizou Huth.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor