Ex-empregado da IBM sentenciado a cinco anos de prisão por roubo de código

EmpresasGestãoNegóciosSegurança

Um antigo engenheiro de software da IBM na China foi sentenciado a cinco anos de prisão depois de se declarar culpado por roubar código fonte da IBM.

Um antigo engenheiro de software da IBM na China foi sentenciado a cinco anos de prisão depois de se declarar culpado por roubar código fonte da IBM.

Jiaqiang Xu, de 32 anos, foi sentenciado em Nova Iorque. Em maio do ano passado, Xu considerou-se culpado de espionagem económica e de roubo de informação secreta.

Segundo o seu perfil do LinkedIn, Xu trabalhou como developer de sistemas de software na IBM entre 2010 e 2014.

O antigo empregado da IBM foi preso em dezembro de 2015 depois de se encontrar com um agente disfarçado num hotel. As autoridades gravaram o acusado a dizer que usava código da IBM para criar software e vender esse mesmo software a clientes. Originalmente, Xu foi acusado de roubo de informação secreta, com as acusações de espionagem económica a serem acrescentadas em junho de 2017.

De acordo com os procuradores, o código roubado diz respeito a um clustered file system que facilita uma performance mais rápida dos computadores. O acusado terá começado a trabalhar na IBM China em 2010 e terá tido acesso total ao código. Em 2014 terá se despedido da empresa voluntariamente.

O início do caso remonta a 2014 quando o FBI terá recebido a informação de que alguém na China afirmava ter acesso ao código e que o estaria a usar para a sua própria empresa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor