European Innovation Academy anuncia projetos vencedores

InovaçãoNegóciosStartup

A 1ª edição da European Innovation Academy (EIA), que conta com o apoio do Santander Totta, da Câmara Municipal de Cascais, da Universidade NOVA de Lisboa e do Beta-i, selecionou os 10 projetos mais inovadores que vão, agora, beneficiar de mentoring durante um ano para que se possam transformar em verdadeiras startups.

A EIA, que se realizou pela primeira vez em Portugal, é um programa universitário de aceleração em Inovação Digital da Europa que foi desenvolvido em colaboração com instituições como a UC Berkeley, a Stanford University e a Google.

Alo!Health, Brizzlebee, ECO-5, LEFT, On Fire Tube, Paperchain, Renvest, RippleFarm, ScoolX e TigerTime foram as 10 ideias de negócio escolhidas e destas equipas, cinco contam com estudantes portugueses.

A iniciativa teve a participação de cerca de 300 estudantes de 40 países que, durante três semanas, no Centro de Congressos do Estoril, aperfeiçoaram as suas ideias com a ajuda de mentores, formadores e investidores de todo o mundo.

A final aconteceu no dia 4 de agosto no Hotel Miragem, em Cascais, e os 10 melhores projetos  apresentaram um pitch de seis minutos a um grupo de investidores internacionais. Foi ainda sorteada mais uma apresentação, que coube ao projeto FI-D.

O Santander Totta foi o parceiro exclusivo da EIA junto das instituições de Ensino Superior portuguesas e na área financeira e, no âmbito do seu apoio, atribuiu 35 bolsas a estudantes para participar no evento.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor