Europa aceita carregador universal para telemóveis

Mobilidade

As fabricantes de telemóveis vão ter de fornecer um carregador padrão de bateria capaz de se adequar a qualquer dispositivo, num acordo provisório sobre uma nova lei da UE acertado na última semana. Supondo que o acordo provisório obtenha o apoio do Parlamento Europeu e dos Estados membros da UE, será implementado por volta de 2017,

As fabricantes de telemóveis vão ter de fornecer um carregador padrão de bateria capaz de se adequar a qualquer dispositivo, num acordo provisório sobre uma nova lei da UE acertado na última semana. Supondo que o acordo provisório obtenha o apoio do Parlamento Europeu e dos Estados membros da UE, será implementado por volta de 2017, segundo autoridades da União Europeia.

1377719668_540574763_2-Fotos-de--Fontes-de-energia-e-carregadores-para-CelularO projeto de lei sobre equipamentos de rádio define regras harmonizadas para equipamentos de rádio, incluindo telefones móveis e modems.

Os legisladores da UE também concordaram numa supervisão mais rígida do mercado para assegurar que certos produtos tenham de ser registados antes de poderem ser vendidos no mercado, em linha com um sistema de banco de dados que já existe nos Estados Unidos.

Uma vez finalizado, os Estados membros terão dois anos para transpor a regulação às suas leis nacionais, e as fabricantes, incluindo a Apple e a Samsung, terão mais outro ano para se adequar, avançou a agência Reuters.

É esperada que uma sessão completa do Parlamento Europeu aprove a lei em março, o que significa que um carregador padrão de bateria deve ser disponibilizado a partir de meados de 2017.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor