EUA desvenda uma das maiores falhas de segurança de sempre

Segurança

Mil milhões de endereços eletrónicos terão sido roubados por três hackers – dois vietnamitas e um canadiano. O Departamento de Justiça norte-americano já considera este ataque um dos maiores de sempre e tem sob custódia dois dos criminosos. Três hackers foram acusados de serem os responsáveis por uma falha de segurança nos Estados Unidos, que

Mil milhões de endereços eletrónicos terão sido roubados por três hackers – dois vietnamitas e um canadiano. O Departamento de Justiça norte-americano já considera este ataque um dos maiores de sempre e tem sob custódia dois dos criminosos.

hacker

Três hackers foram acusados de serem os responsáveis por uma falha de segurança nos Estados Unidos, que terá colocado em risco mil milhões de utilizadores e os seus e-mails pessoais. O ataque ocorreu entre 2009 e 2012 provocando um número recorde de quebras nos sistemas de privacidade.

O Departamento de Justiça indicou dois vietnamitas e um canadiano como culpados, estando dois deles já sob a alçada das entidades norte-americanas. Quoc Nguyen estava a viver na Holanda mas os EUA conseguiram a sua extradição e, já em solo norte-americano, considerou-se culpado. Já Giang Hoang Vu, também residente na Holanda, ainda não foi encontrado.

Quanto ao canadiano David-Manuel Santos da Silva, que devido ao seu nome poderá ter ascendência portuguesa, foi preso no aeroporto da Florida e aguarda julgamento em prisão. É acusado de lavagem de dinheiro através do negócio que geria, a empresa 21 Celcius.

Não são conhecidas quais as empresas afetadas por este ataque informático mas Nguyen é acusado de ter acedido a pelo menos oito serviços de e-mail diferentes, recolhendo informações privadas sobre milhões de utilizadores. Os dois vietnamitas terão, depois, usado os dados roubados para encetar uma campanha de spam.

Para isso, quem abrisse uma mensagem “infetada” era redirecionado para um site que supostamente vendia produtos da Adobe mas que, na verdade, funcionava apenas como fachada para um esquema de phishing.

O resultado desta falha de segurança valeu cerca de dois milhões de dólares a David Silva e a Quoc Nguyen, de acordo com as informações reveladas pelo tribunal onde o caso está a ser julgado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor