Estónia aumenta fundos para startups para criar outro Skype

EmpresasNegóciosStartup

A Estónia está a procurar renovar a sua indústria de venture capital para rapidamente desenvolver startups de tecnologia e ajudar a construir “um segundo Skype”. O país planeia um novo fundo de 60 milhões de euros que planeia usar fundos comunitários e mais 20 milhões de euros de investidores privados. “Se existir uma história de

A Estónia está a procurar renovar a sua indústria de venture capital para rapidamente desenvolver startups de tecnologia e ajudar a construir “um segundo Skype”.

Venture CapitalO país planeia um novo fundo de 60 milhões de euros que planeia usar fundos comunitários e mais 20 milhões de euros de investidores privados. “Se existir uma história de grande sucesso, um segundo Skype, vai provavelmente dar bastante destaque à Estónia na próxima década”, afirmou Andrus Treir, chefe da KredEx, uma agência governamental. Os fundos “vão ajudar a construir uma infraestrutura de venture capital, um ecossistema para empreendedores”.

Startups fundadas por estónios, incluindo a GrabCad, Erply e TransferWise, angariaram mais de 20 milhões de euros em financiamento no último ano, com um sexto dos fundos a pertencer à Estónia.

O novo fundo de venture capital vai investir em três ou quatro sub-fundos de gerenciamento privado.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor