Estados Unidos temem jogada de espionagem da Lenovo

Business IntelligenceData-Storagee-RegulaçãoLegalSegurança

Venda dos servidores de negócio x86 da IBM, no início do ano, à Lenovo é motivo de preocupação. Os 2,3 mil milhões de dólares (1,69 mil milhões de euros) envolvidos no negócio poderão ser devolvidos à IBM. O Comité de Investimento Estrangeiro está preocupado que os servidores “possam ser acedidos de forma remota por espiões

Venda dos servidores de negócio x86 da IBM, no início do ano, à Lenovo é motivo de preocupação. Os 2,3 mil milhões de dólares (1,69 mil milhões de euros) envolvidos no negócio poderão ser devolvidos à IBM.

servidores

O Comité de Investimento Estrangeiro está preocupado que os servidores “possam ser acedidos de forma remota por espiões chineses ou hackers”, confirmou um porta-voz da IBM.

O negócio foi feito no início deste ano. As autoridades de segurança norte-americanas têm estado a investigar irregularidades em volta dos servidores x86 adquiridos pela LeNovo. Este tipo de servidores é usado na rede de comunicações do país e suporta, inclusive, a rede do Pentágono.

Já em 2005, aconteceu uma situação semelhante. Na altura, a LeNovo comprou o negócio de computadores pessoais da IBM e houveram investigações com medo de que a empresa chinesa estivesse a espiar os sistemas norte-americanos.

Espera-se agora entendimento entre as duas partes para que a situação seja resolvida.

Os servidores x86 da IBM são usados com frequência pela Força Aérea norte-americana e em alguns data centers geridos pela Defense Information Systems Agency.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor