Especialistas em data center Interxion e Telecity anunciam fusão

CloudData CenterData-StorageNegócios

Europa, África e Ásia serão os continentes que irão beneficiar da fusão entre a Interxion e a Telecity, ambas especialistas em data centers. As duas empresas querem expandir os serviços, chegar a um número maior de clientes e melhorar a qualidade tecnológica. A holandesa Interxion e a inglesa Telecity anunciaram a fusão dos seus data

Europa, África e Ásia serão os continentes que irão beneficiar da fusão entre a Interxion e a Telecity, ambas especialistas em data centers. As duas empresas querem expandir os serviços, chegar a um número maior de clientes e melhorar a qualidade tecnológica.

Rackspace_Data_Centre

A holandesa Interxion e a inglesa Telecity anunciaram a fusão dos seus data centers num acordo não vinculativo, mas que engloba a totalidade das ações de ambas. A decisão parte da constatação de que a procura e a qualidade exigida relativamente ao armazenamento de dados tem vindo a crescer exponencialmente e, por esse motivo, as duas empresas decidiram juntar-se e reunir forças.

A Telecity explica, em comunicado, que o acordo vai possibilitar o aproveitamento de “forças complementares” para “expandir os produtos, serviços e necessidades geográficas” dos clientes. É devido a esta procura por parte dos clientes que a fusão se torna necessária, possibilitando a melhoria do alcance em países do continente europeu, africano e asiático, sendo que a Interxion já está presente em 11 países. A Telecity opera apenas dentro da Europa, por enquanto.

O acordo firmado entre ambas garante aos acionistas da Interxion 2,3386 acções da Telecity por cada ação da Interxion, o que representa a posse de 45 por cento da empresa inglesa por parte da Interxion. Já os acionistas da Telecity terão aproximadamente 55 por cento das ações combinadas das duas empresas.

Em conjunto, têm, agora, um valor de cerca de 808 milhões de euros, que permitirá a afirmação dos seus serviços e data centers através da redução dos custos das operações, o que deverá beneficiar os atuais e potenciais clientes. David Ruberg, CEO da Interxion, afirma que esta fusão conseguirá ainda promover a necessidade e os benefícios da transição para a cloud.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor