ESPECIAL | PHC: cloud está hoje muito mais competitiva

Cloud

A cloud está, hoje, muito mais competitiva, diz Cláudia Raposo, Chief Operations Officer da PHC Software. E, em grande parte, deve-se ao aumento de concorrência que reajusta a curva da oferta e da procura, explica esta responsável. “O resultado é uma erosão dos preços, mas também uma exigência maior ao nível da inovação”.

O tema governança é, hoje, a principal dúvida das empresas quando pensam a sua abordagem ao cloud computing? Que outras dúvidas assolam os vossos clientes?

O cloud computing reflete uma tendência importante na evolução tecnológica e na gestão empresarial, que passa por proporcionar às equipas acesso aos seus instrumentos de trabalho em qualquer lugar, a qualquer hora e em qualquer dispositivo. Essa evolução, como qualquer outra, faz com que as empresas reflitam de forma responsável e nos coloquem questões que espelham as suas preocupações com algo que lhes é novo. A governança é uma delas, mas também a segurança e os custos. São questões naturais e que demonstram a importância de escolher um parceiro de confiança e com experiência provada em software de gestão.

Por exemplo, existem normas suficientes para suportar o movimento de dados de uma plataforma de cloud computing para outra?

Hoje, é mais fácil do que foi no passado. Os sistemas proprietários complicavam esse processo e felizmente deram-se passos importantes para ultrapassar algumas dificuldades. No entanto, não existem standards e alguns tipos de movimentos entre plataformas podem ser muito complexos – pelo menos, ainda.

A IDC (International Data Corporation) divulgou uma pesquisa na qual expressa que no primeiro trimestre do ano passado os investimentos globais em cloud eram cerca de 26%, enquanto que o mesmo número, quando se trata de investimentos na infraestrutura física, aumentaram 6,1%. Confirmam esta tendência?

Esses números são interessantes, mas devem ser lidos com alguma cautela. Nem todas as realidades se enquadram nessa descrição. No que respeita ao software de gestão, por exemplo, as empresas que têm estruturas mais leves, como as micro empresas, têm maior apetência para este investimento. A procura da nossa solução Fx demonstra de forma clara esta tendência. No entanto, a transição está a efectuar-se com menor aceleração nas empresas com estruturas maiores.

As consultoras advogam ainda que a adoção da nuvem em larga escala e a concorrência entre os fornecedores das tecnologias tem diminuído o custo da nuvem privada. Corroboram esta opinião?

Sem dúvida. A ‘cloud’ está hoje muito mais competitiva. E, em grande parte, deve-se ao aumento de concorrência que reajusta a curva da oferta e da procura. O resultado é uma erosão dos preços, mas também uma exigência maior ao nível da inovação. É também por isso que na PHC investimos tanto em Investigação e Desenvolvimento. Em 2015 foram 1,6 milhões de euros.

O que tem vindo a mudar, em Portugal, na adoção do cloud computing por parte das empresas?

Nota-se uma maior compreensão sobre a ‘could’, os benefícios de produtividade e capacidade de resposta que proporciona. As micro empresas têm abraçado esta oportunidade e estão a adaptar-se mais rapidamente ao futuro do software de gestão. As PME têm feito este caminho de forma gradual, mas estão hoje mais conscientes do valor da ‘cloud’ e da mais valia que está traz ao seu negócio.

Mais do que uma guerra pelas infraestruturas, agora vamos ter uma verdadeira luta pelas aplicações?

O mercado vai continuar a competir em todas essas áreas. Sem infraestruturas não há aplicações; são ambas parte integrante da ‘cloud’. Estou convicta que vamos continuar a ver novidades nas infraestruturas que permitem mais e melhores novidades nas aplicações. É isso que se espera do mundo da tecnologia: inovação constante em todas as áreas que se complementam.

O que distingue a vossa abordagem à cloud dos restantes players?

A personalização e facilidade de adaptação às necessidades dos clientes. O DNA das soluções PHC é permitir que os utilizadores tenham soluções à sua medida, com oferta total e liberdade de escolha. Temos soluções, tanto em ‘cloud’ privada como pública, que permitem uma verdadeira liberdade para a mudança. E vamos trazer novidades muito interessantes ainda neste semestre.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor