ESPECIAL 2015 | ebankIT: Ano marcado pela entrada em novos mercados

Negócios

O ano de 2015 foi um ano muito bom para a ebankIT em várias frentes, tendo conseguido uma grande notoriedade de marca e de produtos, com vários reconhecimentos a nível internacional, disse à B!T o CEO João Lima Pinto.

Em termos de faturação, a empresa consegui atingir um crescimento considerável, “e estamos num processo de expansão internacional que abrange diversos mercados, estando focados no alargamento da nossa rede de parceiros”.

“Durante o ano de 2015, conseguimos entrar em novos mercados, consolidando igualmente a presença naqueles em que estamos já presentes. Face a 2014, notou-se uma diferença nos mercados mais afetados pelo preço do petróleo”.

A área de atuação da ebankIT, o mercado omnichannel financeiro, é uma área de grande importância e enfoque para os bancos, pelos benefícios que traz quer para os seus clientes, quer para os próprios bancos, pelo que, naturalmente, continua a ser uma área de investimento. “Tal, associado à constante inovação tecnológica, permite a criação de novas soluções e satisfazer os utilizadores, permitindo assim a diferenciação das instituições”, disse João Lima Pinto.

Em forma de destaque, o CEO mencionou o prémio de Best of the Show na “Finovate Europe” em Londres em Fevereiro, e a recente menção no relatório “FINTECH100” da KPMG, como uma das empresas inovadoras de Fintech a acompanhar. “O terceiro momento a ser referido foi a entrada em novos clientes e mercados”.

João Lima Pinto considera que o ano de 2016 será de crescimento em todas as vertentes da empresa, como resultado do percurso e dos investimentos realizados. “O destaque continuará a ser a evolução das nossas soluções, com grande ênfase na inovação, assim como a entrada em novos mercados através do alargamento da rede de parceiros”.

“Estas expectativas de crescimento têm como base as ações realizadas, nas que temos em curso e nas ações planeadas. Aliadas a estas ações temos conseguido gerar um conjunto de oportunidades que nos permitem estar muito otimistas para 2016”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor