Escócia e Noruega ligadas por fibra super rápida

CloudData CenterNegóciosOperadoresRedes

Dois data centers na Escócia e na Noruega vão usufruir de uma ligação de fibra super rápida entre os dois países, com recurso à rede da Tampnet. A ligação deverá ser mais veloz do que entre a cidade escocesa de Aberdeen e Londres. Da parceria entre a escocesa Internet for Business (IFB) e a norueguesa

Dois data centers na Escócia e na Noruega vão usufruir de uma ligação de fibra super rápida entre os dois países, com recurso à rede da Tampnet. A ligação deverá ser mais veloz do que entre a cidade escocesa de Aberdeen e Londres.

fibra-optica-1299759456

Da parceria entre a escocesa Internet for Business (IFB) e a norueguesa Green Mountain resulta a criação de uma ligação por fibra ótica entre os dois países que promete ser super rápida. A rede será fornecida pela Tampnet, descrita como a maior rede de comunicação de alta capacidade do mundo, que ficará responsável pelas estruturas e materiais necessários para ligar os dois data centers, através do Mar do Norte.

Aberdeen e Stavanger são as cidades que funcionarão como pontos de ligação entre os dois países e cuja conexão promete ser mais rápida do que entre a cidade escocesa e Londres. Graeme Gordon, da IFB, explica que tem visto “uma crescente procura de conectividade melhorada para a Noruega, especialmente de negócios de petróleo e gás” e que foi por isso que abordaram a Tampnet e a Green Mountain.

Esta ligação deverá permitir responder às exigências do mercado e melhorar a relação qualidade-preço neste tipo de conexão. Graeme Gordon acrescenta que “para além do aumento da velocidade de conexão e da sua fiabilidade, a ligação é muito mais eficiente ao nível de custos do que a existente linha privada internacional”.

A ligação de fibra ótica terá uma extensão de 2,5 mil quilómetros pelo mar para que a união entre a Escandinávia e o Reino Unido seja possível.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor