ERP tem ainda muito que conquistar no universo cloud

CloudERP-SuitesSoftware

Um estudo da Sage avançou que as empresas do mid-market europeu que adotaram soluções baseadas em computação cloud relataram níveis de poupança superiores a 25 por cento, e 20 por cento das organizações inquiridas chegou mesmo a registar reduções dos custos na casa dos 50 por cento. Não obstante, as aplicações de ERP são ainda

Um estudo da Sage avançou que as empresas do mid-market europeu que adotaram soluções baseadas em computação cloud relataram níveis de poupança superiores a 25 por cento, e 20 por cento das organizações inquiridas chegou mesmo a registar reduções dos custos na casa dos 50 por cento. Não obstante, as aplicações de ERP são ainda das que pouca expressão têm no universo cloud.

cloud erp

Na Europa, e de acordo com o estudo efetuado junto de profissionais de TI de 670 organizações em dez países, 87 por cento das empresas de média dimensão integram já soluções cloud, reflexo de um rápido ritmo de adoção – quatro em cada cinco empresas implementaram estes serviços nos seus negócios somente no último par de anos.

Portugal, contudo, diverge um pouco da média europeia, visto que 22 por cento das empresas de média dimensão fazem uso de serviços cloud há mais de dois anos. Apesar de desenquadrar-se do padrão, Portugal é o país com a terceira maior taxa de adoção, perdendo o segundo lugar para a Polónia, com 23 por cento, e a medalha de ouro para a Holanda, com 26 por cento.

Os serviços cloud estenderam já os seus braços a grande parte dos negócios, mas a omnipresença não é ainda uma das suas características, visto que os software de ERP (Enterprise Resource Planning) não representam ainda uma significativa porção das soluções presentes na dimensão cloud. Somente 20 por cento das empresas envolvidas no estudo, encomendado pela Sage MidMarket, utilizam ERP em cloud. Mas esta situação, preconiza o estudo, deverá em breve mudar, traduzindo-se numa maior adoção de sistemas de ERP baseados na nuvem.

A Sage avançou ainda que 60 por cento das organizações intenta em breve integrar ERP na cloud, e 55 por cento mostrou querer ERP nesta plataforma com funcionalidades móveis.

A migração para cloud é alimentada pela redução de custos, pela maximização da eficiência, pelo aumento das vantagens estratégicas e pelas oportunidades de crescimento. Contudo, alguns fatores emergem ainda como obstáculos a esta migração, como a questão da segurança e da privacidade dos dados e informações, resistências internas, falha em perceber as vantagens da cloud e os preços da migração para esta dimensão.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor