ERP Quidgest promove transformação digital na NOVA

ERP-SuitesSoftware

A empresa de software portuguesa implementou na Universidade Nova de Lisboa (NOVA), a plataforma SINGAP,  acelerando a transformação digital da agora Fundação Pública com regime de direito privado. O projeto, iniciado em janeiro, foi concretizado num prazo record.

O ERP da Quidgest inclui a Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira e Patrimonial e Gestão de Projetos e já se encontra operacional nas 11 Unidades Orgânicas.  Com esta iniciativa, a  NOVA pretendeu efetuar a uniformização de processos de toda a organização, usando apenas um único número de contribuinte mas garantindo a autonomia das várias unidades e suas especificidades. 

De acordo com a tecnológica, concurso público internacional para a substituição dos vários sistemas de gestão existentes na Universidade foi ganho graças à sua tecnologia inovadora e à longa experiência na prestação de serviços na Administração Pública, nomeadamente na área da Educação e Ensino Superior.

O sistema de gestão, que é baseado na mais recente tecnologia (web, mobile, SQL, MVC) e desenvolvido com recurso à plataforma “No Code” Genio, permitirá à NOVA maior agilidade no acompanhamento da sua atividade, estando já adaptado ao novo SNC-AP, a que estarão sujeitos todos organismos públicos em 2018.

O processamento de vencimentos de todas as Unidades já está a ser efetuado via SINGAP desde o início de maio e a Gestão Financeira e Patrimonial estão em funcionamento desde junho, sendo que as próximas fases serão desenvolvidas até final do próximo ano.

“Estamos habituados a grandes desafios na implementação de soluções complexas, em vários países, mas este foi um dos mais exigentes na história da nossa empresa, pelo prazo curto, pela dimensão e sobretudo pela quantidade de inovações introduzidas. A recente criação da Fundação NOVA e de todos os novos procedimentos necessários para suporte a esta nova realidade, tornou o desafio ainda maior”. Adiantou ainda que “esta é uma história de sucesso que estamos a criar, não apenas para a Universidade mais inovadora do país mas, também, para todas as grandes empresas e instituições nacionais, que procuram inovar e melhorar o desempenho, com menos custos, no seu ERP“, afirma, em comunicado, Beatriz Guimarães, gestora de projeto da Quidgest.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor