Ericsson reforça os serviços IoT baseados na rede móvel

EmpresasInovaçãoMobilidadeNegócios

Juntamente com a Microsoft, a Ericsson fortalece ainda mais o ecossistema global da Internet of Things (IoT) ao permitir às empresas acelerarem o tempo de lançamento de serviços IoT baseados nas redes móveis. O Ericsson IoT Accelerator promete implementar as soluções com recurso ao Azure, ligando-as diretamente ao ecossistema dos operadores móveis. O serviço de gestão de conectividade é garantido pela Ericsson Device Connection Platform (DCP) que integra o Ericsson IoT Accelerator.

O Ericsson IoT Accelerator, uma oferta baseada na cloud e transversal à indústria proporciona um conjunto contínuo e incremental de funcionalidades, oferecido como um serviço que permite a criação e implementação mais ágil de soluções para a IoT. Este aplicativo contempla serviços de plataforma e serviços near-product para operadores de telecomunicações e indústrias selecionadas.

O serviço de gestão de conectividade da solução permite aos operadores de telecomunicações desenharem, lançarem e atualizarem as ofertas de conectividade IoT dirigidas às empresas que necessitam de conectividade móvel. Possibilita também controlar as capacidades de automação, com o objetivo de gerirem a conectividade dos seus dispositivos IoT.

A Grundfos, empresa dedicada ao setor das bombas de água, é a primeira companhia a testar a oferta pré-integrada da Ericsson e da Microsoft para gestão das suas bombas de água inteligentes e conectadas. Lars Enevoldsen, vice-presidente na Grundfos, diz que “a pré-integração entre as ofertas da Microsoft e da Ericsson permite-nos focar no fornecimento de valor acrescentado e de novos serviços aos nossos clientes”.

Niklas Heuveldop, Chief Strategy Officer e responsável máximo pela área de Technology and Emerging Business na Ericsson, explica que “o mais recente Mobility Report da Ericsson mostra que a Internet of Things vai ultrapassar os telefones móveis como a maior categoria de equipamentos conectados em 2018. Hoje em dia as empresas enfrentam um grande desafio – a complexidade das implementações IoT. Ao combinar a inovação líder da indústria e os ecossistemas, a nossa colaboração com a Microsoft remove esta complexidade e aproxima todas as possibilidades que a IoT oferece às empresas em todo o mundo”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor