Ericsson lidera projeto europeu 5GCAR

MobilidadeProjetosRedes

O projeto 5GCAR, que tem como objetivo desenvolver uma arquitetura de sistema 5G que ofereça conectividade de rede vehicle-to-everything (V2X) otimizada, foi atribuído a um consórcio de empresas liderado pela sueca Ericsson.

O projeto foi selecionado como parte da 2.ª fase da 5G Infrastructure Public Private Partnership (5G PPP) iniciada pela Comissão Europeia e pelos fabricantes, operadores de telecomunicações, prestadores de servidos, PMEs e equipas de investigação para o desenvolvimento do 5G na Europa. Este é, também, mais um passo rumo à implementação de tecnologia 5G em veículos conectados. 

A UE alocou um orçamento de 154 milhões de euros à 2.ª fase do 5G PPP, atribuíveis a projetos inovadores e em diferentes setores verticais. O consórcio será elegível para financiamento de forma a aumentar os testes e assegurar a implementação segura de veículos conectados até 2020.

“O financiamento europeu atribuído ao nosso projeto 5GCAR é um enorme passo em frente, já que vai permitir o desenvolvimento da nossa iniciativa para que consigamos responder às necessidades do mercado até 2020. Contar com projetos desta natureza na Europa é um argumento chave nesta corrida global, já que vai garantir mais negócio e emprego para o continente europeu no futuro”, afirmou, em comunicado, Franck Bouetard, Diretor da Ericsson France.

O projeto 5GCAR terá uma duração de dois anos e irá contar com cerca de 30 investigadores a tempo inteiro e um orçamento de 8 milhões de euros. O consórcio inclui, além da empresa sueca, mais 13 parceiros. São eles: Bosch, Centre Tecnològic de Telecomunicacions de Catalunya, Centro Tecnológico de Automoción de Galicia, Chalmers University of Technology, Huawei, King’s College London, Marben, Nokia, Orange, PSA group, Sequans, Viscoda e Volvo Cars.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor