Ericsson incentiva mulheres a considerarem carreira nas TIC

EmpregoGestãoSkills

A Ericsson participou em mais um  Dia Internacional das Jovens Mulheres nas Tecnologias de Informação e Comunicação – Girls in ICT promovendo ações para incentivar as mulheres considerarem uma carreira nessa área através da partilha de testemunhos e de experiências de membros da empresa. Como tem acontecido nos últimos anos, uma escola do Agrupamento de Escolas de Paço de Arcos recebeu uma equipa da empresa para falar de carreiras ligadas à tecnologia.

Este dia, criado pela União Internacional de Telecomunicações em 2010, é celebrado em todo o mundo e a Ericsson tem estado, desde o início, associada à iniciativa. Assim, Chiara Bedini e Rute Diniz, duas mulheres de sucesso da área das TIC representaram a empresa e partilharam com as jovens estudantes as suas experiências profissionais, de forma a entusiasmarem as estudantes mais novas a enveredar numa carreira tecnológica.

Ainda no âmbito Girls in ICT 2017, a Ericsson recebe, nas suas instalações os filhos e filhas dos seus colaboradores que vão ter oportunidade de fazer uma visita  guiada à empresa e interagir com múltiplas tecnologias como drones, Internet das Coisas (IoT) e kits de arduíno.

Além disso, a Ericsson lançou a competição “Ericsson Innovation Awards: Girls Who Innovate” sob o tema: “The future of food”. Esta competição é dirigida a raparigas entre os 9 e os 18 anos sendo incentivadas a submeter as suas ideias no website da Ericsson para o efeito, sobre as quais um júri composto por colaboradores da empresa votará na melhor ideia.

“É cada vez mais importante incentivar e instruir as mulheres, principalmente as mais jovens ou em início de carreira, não só para as potencialidades do setor da tecnologia e de carreiras de topo, como também para uma maior igualdade de oportunidades entre homens e mulheres. Para a Ericsson este é um compromisso prioritário e uma aposta para o futuro. E este é um sector em claro crescimento onde as oportunidades de trabalho estão em exponencial crescimento”, indica, em comunicado, Rute Diniz, Gestora de Recursos Humanos da Ericsson em Portugal.

A Ericsson refere que, através da sua divisão Ericsson ConsumerLab, lancou um  novo estudo sobre a correlação entre empowerment e acesso e compromisso com o sector ICT, numa versão dedicada às Mulheres, ao Dia Internacional da Mulher e focada num segmento jovem.

A empresa originária da Suécia leva a sério o seu papel na promoção da igualdade de género no setor, quer através da sua participação em iniciativas como o Girls in ICT 2017, quer com seu programa de Diversidade e Inclusão, em que estabeleceu o objetivo de, em 2020, as mulheres constituírem cerca de 30 por cento da sua força de trabalho global.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor