Empresas recorrem à cloud para aumentar desempenho e inovação

CloudIAAS

A Oracle anunciou o seu mais recente estudo sobre o estado da implementação das infraestruturas cloud nas empresas e de como as mesmas prevêem utilizar a tecnologia nos próximos anos. A pesquisa revelou que quase metade das empresas já estão a planear, nos próximos 3 anos, operar as TI que apoiam os seus negócios sobre uma infraestrutura cloud.

De acordo com a Oracle, as empresas estão a adotar as infraestruturas cloud (IaaS) rapidamente para aumentarem os níveis de desempenho e inovação. Apesar das barreiras usualmente ligadas à segurança, complexidade e da perca de controlo, os receios na adoção da nuvem são cada vez menores.

A pesquisa foi feita em parceria com a Longitude Research e inquiriu 1614 profissionais das áreas das TI na Austrália, na Alemanha, na Índia, em Itália, na Malásia, na Arábia Saudita, em Singapura, na Coreia do Sul e no Reino Unido.

Assim, 66% dos inquiridos indicaram que já estão a utilizar o IaaS de alguma forma e que este contribui para facilitar a inovação, sendo que a migração permitiu encurtar significativamente o tempo de disponibilização das novas aplicações ou/e serviços.

Adicionalmente, 64% afirmou que a cloud contribuiu para reduzir custos de manutenção da infraestrutura de forma muito substancial e 59% dos inquiridos acredita que as empresas que não investem em IaaS cada vez se debatem com maiores dificuldades para conseguirem acompanhar o ritmo diário que é exigido pelo mundo empresarial.

O estudo também revela que apesar da percepção que a migração para IaaS é complicada, 64% dos utilizadores que já experimentaram fazê-la referem que a transição é bem mais fácil do que esperado.

A maioria dos inquiridos está de acordo no que diz respeito ao papel fulcral que o IaaS irá ter dentro de 3 anos, com 44% a referir que irá operar a totalidade ou a maioria das suas infraestruturas de TI dos seus negócios na nuvem. 

“Na adoção da cloud sempre houve um desfasamento entre as perceções e a realidade. A cloud continua a ser algo relativamente desconhecido para a maioria das empresas e por isso continua a haver algumas perceções totalmente ultrapassadas sobre este novo paradigma. Em simultâneo, as empresas que enveredaram pela adoção do IaaS testemunham elevados níveis de satisfação e sucesso, estão a alcançar poupanças muito significativas, a reduzir a complexidade das TI e tornaram-se capazes de imprimir um novo impulso à inovação nos seus negócios. Os resistentes à adoção precisam de desafiar as falsas perceções que os paralisam porque quanto mais tempo deixam passar mais são ultrapassados pelos seus concorrentes que já o fizeram”, explicou, em comunicado, Hugo Abreu, Country Manager da Oracle Portugal.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor