Empresas chinesas apagam mais de 60 mil contas online

EmpresasNegócios

A Grande Firewall da China volta a dar que falar com a eliminação de mais de 60 mil contas de perfis na Internet. Este é o resultado de uma medida que pretende acabar com as contas falsas e que possam colocar em perigo a posição do presidente chinês ou a segurança do país. A medida

A Grande Firewall da China volta a dar que falar com a eliminação de mais de 60 mil contas de perfis na Internet. Este é o resultado de uma medida que pretende acabar com as contas falsas e que possam colocar em perigo a posição do presidente chinês ou a segurança do país.

china

A medida que proíbe a criação de perfis falsos, ou que, pelo menos, assim pareçam devido aos nomes com que se apresentem, entra em vigor hoje na China, mas as empresas já eliminaram ou corrigiram mais de 60 mil contas para que não fossem afetadas pela nova regulamentação.

Esta regra vai ser implementada pela administração do ciberespaço da China (CAC), organização criada no último ano para controlar todas as atividades online e com poder para supervisionar as mesmas. Para evitar a condenação por parte desta entidade, empresas como a Alibaba, Tencent e Baidu optaram por apagar todas as contas que não correspondessem aos requisitos exigidos, até porque a CAC deverá funcionar apenas como órgão regulador cabendo às empresas a responsabilidade de aplicar as novas regras.

Estes critérios incluem nomes que pareçam falsos, que sejam enganadores, passíveis de originar rumores ou que promovam qualquer tipo de violência ou atividades terroristas. Outro critério tido em conta, ainda que mais discretamente, passa por perfis que possam ser desfavoráveis à posição do presidente chinês através da realização de trocadilhos ou paródias.

Os mecanismos de censura na China são cada vez mais e também mais sofisticados, tornando mais complexas as operações das empresas que não conseguem atingir os seus públicos-alvo graças àquela que já é conhecida como a Grande Firewall da China e que, entre outras coisas, proíbe o acesso a vários sites e conteúdos bem como a utilização de VPNs.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor