Empresa portuguesa anturio renova imagem e abre novos escritórios

EmpresasNegóciosSoftware

A anturio, empresa portuguesa especialista na instalação e implementação do ERP PHC, desenvolvimento de software próprio e integrações com plataformas web e móveis, renovou totalmente a sua imagem, apostando no Business Software, o core da empresa, e num posicionamento internacional.

De acordo com o comunicado de imprensa, a nova imagem reflete o caminho após sete anos de atividade, que levou a empresa a crescer de forma exponencial desde que começou, em 2009, com apenas duas pessoas. “Estava na altura de atualizarmos para uma imagem moderna, adequada aos tempos correntes e à realidade da anturio atual”, explica Duarte Freitas, CEO e founder da anturio.

O enfoque continua a ser no ERP PHC, mais especificamente no PHC Web. “Existem soluções para as várias áreas verticais dentro das pequenas, médias e grandes empresas: Logística e Distribuição, Produção, Financeira, Construção, Projeto, Retalho, Recursos Humanos, CRM, entre outra”, revela  o CEO. “A anturio hoje aumentou o enfoque nestas soluções, posicionando-se como líder especialista em soluções de ERP PHC a nível nacional e internacional”, complementa o executivo.

A anturio hoje conta com mais de 30 colaboradores, em sete escritórios espalhados pelo mundo, com um enfoque na consultoria e implementação de ERP para empresas. A mudança de imagem reflete uma maior viragem para o exterior e a expansão que a anturio está a atravessar, onde se destacam, ainda este ano, a abertura de dois novos escritórios, em Faro e no Porto, consolidando a posição da empresa a nível nacional.

“O ano 2018 será de forte aposta internacional, com novas soluções para o mercado europeu, integradas via nearshoring com a nossa base em Portugal”, revela Duarte Freitas. «O enfoque da anturio tem sido no ERP Web Online, seguindo as tendências do mercado internacional e, para tal, temos desenvolvido várias implementações únicas, que iremos começar a disponibilizar para consulta e potenciar novos negócios”, adiciona o responsável.

Para já, 2017 está a correr de feição, mantendo o objetivo de crescimento de 50%, uma meta que será atingível, tendo em conta os resultados do primeiro trimestre. A equipa também irá aumentar no Algarve, Porto e Madeira.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor