Elevador sem cabos pode tornar-se realidade em 2016

EmpresasMobilidadeNegócios

A empresa alemã ThyssenKrupp está a desenvolver um projeto de um elevador que funcionará sem cabos, permitindo inovações na área da arquitetura e tornando as deslocações entre pisos muito mais rápidas. Hoje em dia, a maior parte dos edifícios tem um poço para o elevador, usando o sistema de eixos verticais, que permite apenas uma

A empresa alemã ThyssenKrupp está a desenvolver um projeto de um elevador que funcionará sem cabos, permitindo inovações na área da arquitetura e tornando as deslocações entre pisos muito mais rápidas.

imagens-imagens-de-empresas-f63cd8

Hoje em dia, a maior parte dos edifícios tem um poço para o elevador, usando o sistema de eixos verticais, que permite apenas uma cabine por poço. Ou seja, representa uma limitação à capacidade de utilizadores e também um grande entrave em relação ao espaço que ocupam nos edifícios.

Agora, o objetivo da empresa é lançar o sistema Multi, que permitirá a incorporação de várias cabines (o sistema pode chegar até às 16) no mesmo poço, que circularão em movimento loop, ou seja, num movimento circular.

Outra possibilidade desta inovação é que poderá também incorporar elevadores horizontais, no mesmo poço, fazendo com que toda uma panóplia de possibilidades arquitetónicas possam surgir. Assim, os projetos de edifícios já não ficam limitados pelo espaço ou localização do elevador.

Os testes começarão a ser feitos em breve, numa torre em Rottweil, na Alemanha, que está a ser construída especialmente para o efeito. De acordo com os responsáveis da empresa, a entrega da torre será em 2016.

Em relação ao funcionamento, o sistema Multi recorre à tecnologia de motores lineares, para movimentar as oito cabines de cada lado, que perfazem o total de 16 cabines possíveis no sistema. A velocidade-alvo é de cinco metros por segundo, ou seja, os utilizadores podem ter acesso a um elevador no espaço de 30 segundos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor