Efma e Accenture premeiam instituições financeiras

Negócios

A Efma, associação a que pertencem cerca de um terço dos maiores bancos a nível mundial, e a Accenture acabam de anunciar os vencedores da segunda edição dos Global Distribution & Marketing Innovation Awards para serviços financeiros. Este programa global, lançado em conjunto pela Efma e pela Accenture, reconhece anualmente as empresas de serviços financeiros pelos seus projectos e

A Efma, associação a que pertencem cerca de um terço dos maiores bancos a nível mundial, e a Accenture acabam de anunciar os vencedores da segunda edição dos Global Distribution & Marketing Innovation Awards para serviços financeiros. Este programa global, lançado em conjunto pela Efma e pela Accenture, reconhece anualmente as empresas de serviços financeiros pelos seus projectos e iniciativas mais inovadoras nas áreas de marketing e distribuição.

serviços financeiros banca

Mais de 250 instituições financeiras de 69 países submeteram aproximadamente 600 case-studies de inovações no serviço ao cliente em nove categorias: Experiência de Cliente, Distribuição Física, Distribuição Digital, Customer Analytics & Big Data, Marketing Digital, Eficácia nas Vendas, Negócio Sustentável, Melhor Novo Produto ou Serviço, e Everyday Banking.

Estes prémios reconhecem as instituições que fizeram evoluir o seu modelo de negócio para corresponder às necessidades dos clientes. Nesta edição, foram ainda criados três prémios adicionais de forma a reconhecerem o “Banco Global Mais Inovador”, “Ideia Mais Disruptiva” e “Ideia Mais Promissora”.

Os vencedores foram seleccionados por uma combinação de votos de um painel de jurados, composto exclusivamente por banqueiros de todo o mundo e votos online de membros da Efma, que incluem 3,3 mil organizações de serviços financeiros em mais de 130 países.

Entre os vários vencedores, destaca-se a companhia de seguros portuguesa Fidelidade, na categoria “Negócio Sustentável”, pelo WeCare, que reflete um compromisso parra com a reintegração profissional e social de vítimas de acidentes graves; e o Barclays Bank, do Reino Unido, distinguido pelo esforço de Barclays Digital Eagles de tornar-se uma das organizações mais digitais do mundo.

“O que é realmente inovador nos serviços financeiros com os nossos Efma-Accenture Awards é que são premiados por outras empresas do sector”, disse Patrick Desmarès, Secretário-geral da Efma. “O painel de jurados é composto por 27 banqueiros e presidentes de seguradoras de 20 países de todos os continentes. Milhares de membros Efma também fizeram parte do processo de votação online. Os nossos prémios são verdadeiramente globais, reconhecendo inovações de 69 países. Por último, estão disponíveis case-studies detalhados de todas as 600 inovações que participaram na competição, disponibilizando assim uma base de dados única”.

“Neste mundo digital, a conquista e retenção de clientes baseia-se na criação de valor que melhore a comodidade e qualidade das suas vidas além de meras transações. Para os bancos, isto significa uma mudança no foco estratégico, ou seja, deixa de ser apenas um fornecedor de produtos e serviços financeiros para passar a ser um fornecedor de soluções. A Banca deve aprender a desempenhar um papel ainda maior, não apenas no momento da transação financeira, mas durante todo o processo. O objetivo desta iniciativa é identificar as melhores novas ideias e reconhecer os inovadores que estão a ir mais além daquilo a que chamamos o modelo ‘Everyday Bank’”, afirmou Piercarlo Gera, Managing Director da Accenture, responsável global pela área de Distribution and Marketing Services.

“Gostaríamos de felicitar os vencedores desta segunda edição anual dos prémios”, referiu Juan Pedro Moreno, Managing Director da Accenture, responsável mundial pela área de Banca. “A revolução digital está a mudar drasticamente todos os aspetos do sector bancário, desde as expectativas de serviço dos clientes até ao seu entendimento daquilo que os bancos podem oferecer. As inovações que estes prémios reconheceram dão-nos uma ideia do futuro emocionante que espera um sector na vanguarda da transformação digital”, acrescentou o executivo.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor