Edigma almeja ser líder em projetos de Digital Signage

Negócios

Edigma quer crescer em Portugal no retalho – moda, restauração, telecomunicações e banca.

A Edigma quer ser líder na implementação de projetos de digital signage em Portugal no prazo de cinco anos, anunciou esta semana o CEO da empresa, Miguel Fonseca, na conferencia “Sinalética Digital e o Futuro da Comunicação”, em Lisboa.

Enquanto one-stop-shop, a Edigma tem como objetivo crescer na instalação de projetos de comunicação digital na área do retalho, em particular nos setores da moda, restauração, telecomunicações e banca, relata o comunicado enviado à imprensa.

Para a companhia, há uma oportunidade de comunicação integrada, existindo assim um longo caminho a percorrer ao nível da estratégia a implementar, por exemplo, em locais públicos.

‘O mercado está em processo de mudança e a Edigma tem o know-how e a experiência necessárias para ajudar as empresas a implementar soluções fiáveis e adequadas ao seu modelo de negócio’, concluiu Miguel Fonseca.

A empresa apresentou as expectativas e o impacto que o digital signage pode ter junto do mercado, com a implementação de um novo modelo de comunicação mais dinâmico, fluído e integrado, lê-se no documento.

“Até aqui, o que mais impedia as empresas de optarem por este modelo de comunicação eram os custos dos equipamentos, algo que hoje em dia não acontece – os equipamentos são mais baratos, mais compactos e mais fiáveis”, afirmou Miguel Fonseca.

A conferência ‘Sinalética Digital e o Futuro da Comunicação’ juntou representantes de algumas das mais reputadas empresas nacionais, e teve como oradores Jorge Teixeira da Silva, da Digital Transformation Senior Manager da Accenture Digital, David Quinta, Chief Technology Officer da BBDO Lisboa e Ricardo Rosa, Head of Strategic Marketing da Sonae Sierra.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor