Edição de 2013 do Prémio Científico IBM já está em marcha

EmpresasNegócios

O Prémio Científico IBM 2013 já está em marcha e a entrega dos projetos deverá ser feita até ao final do mês de março. Este galardão distingue os trabalhos de elevado mérito no campo das Ciências da Computação. O objetivo do prémio é estimular os jovens investigadores nacionais à divulgação dos seus projetos e a

O Prémio Científico IBM 2013 já está em marcha e a entrega dos projetos deverá ser feita até ao final do mês de março. Este galardão distingue os trabalhos de elevado mérito no campo das Ciências da Computação.

photo_1370456199_tempO objetivo do prémio é estimular os jovens investigadores nacionais à divulgação dos seus projetos e a encontrarem formas de colaboração entre as comunidades industriais, académica e da investigação científica.

O valor do prémio IBM é de 15 mil euros, podendo concorrer qualquer cidadão com nacionalidade portuguesa ou que esteja a residir em Portugal no mínimo há três anos. Os concorrentes deverão ter menos de 36 anos a 31 de dezembro do ano a que se refere o Prémio.

Os trabalhos que irão a concurso terão de versar qualquer das áreas enumeradas na Computing Reviews Classification Tree, da Association for Computing Machinery e terão de ser submetidas em Língua Portuguesa e em nome individual.

O júri responsável pela avaliação das propostas será composto por um grupo de cientistas portugueses de prestígio internacional e líderes das principais áreas do conhecimento a que o Prémio Científico IBM está associado. Um representante da Companhia IBM Portuguesa também fará parte do júri.

A cerimónia de entrega do Prémio Científico IBM relativa ao ano de 2012 decorreu no Salão Nobre do Instituto Superior Técnico, em Lisboa, e foi entregue a uma jovem investigadora do IST.

O prémio, no valor de 15 mil euros, foi entregue pelo Ministro da Educação e Ciência à jovem Pina Oguz Ekim pela sua investigação na área da georreferenciação com o trabalho: “Algoritmos robustos de localização em redes de sensores com aplicações a seguimento de alvos”.

Na edição do ano passado, o ministro não pôde deixar de destacar a importância desta iniciativa da IBM e de referir a necessidade de existir em Portugal uma maior ligação entre o tecido empresarial e o mundo académico.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor