eBay na Rússia: missão impossível…ou exequível?

e-Commercee-MarketingNegócios

A norte-americana de comércio eletrónico eBay revelou hoje as suas intenções para estender as suas operações à Rússia, o mercado emergente que ocupa o topo da lista dos alvos mais apetecíveis da empresa. A eBay está determinada a mergulhar no mercado russo, não obstante as sanções que tanto os Estados Unidos como a União Europeia

A norte-americana de comércio eletrónico eBay revelou hoje as suas intenções para estender as suas operações à Rússia, o mercado emergente que ocupa o topo da lista dos alvos mais apetecíveis da empresa. A eBay está determinada a mergulhar no mercado russo, não obstante as sanções que tanto os Estados Unidos como a União Europeia têm trovejado sobre a Rússia relativamente ao papel que o país desempenhou no decorrer dos conflitos na Ucrânia.

Ebay

O anúncio desta decisão emerge, contudo, no encalço da aprovação de uma lei pelo Kremlin que obriga a que as empresas do setor da Internet armazenem os dados referentes aos utilizadores russos em data centers na Rússia. A integração das suas operações no ecossistema online russo enfrenta ainda normas restritivas no que diz respeito a negócios de origem estrangeira, sendo esta uma forma de salvaguardar a sobrevivência e crescimento das empresas de retalho digital nacionais.

Wendy Jones, vice-presidente do eBay e responsável pela expansão, disse ontem, na capital russa, que a empresa ainda tem esperanças de beneficiar de um forte crescimento no país.

A Rússia, de acordo com Jones, ocupa o primeiro lugar no “Top dos Mercados Mais Desejados” da eBay, que vê no país a oportunidade para um tremendo crescimento.

A vice-presidente do site de e-commerce esteve em Moscovo para celebrar um Memorando de Entendimento com os Serviços Postais Russos, através do qual procurar-se-á reduzir expressivamente o tempo de entrega dos produtos vendidos pela eBay aos compradores russos, atendendo, desta forma, a uma das principais queixas expressadas pelos utilizadores da Federação Russa.

Um dos principais atores da cena do comércio eletrónico, a eBay e os Serviços Postais Russos acordaram em integrar os seus sistemas de TI, para que assim se possa melhor e mais eficazmente controlar todo o percurso das encomendas.

Para além de querer imiscuir-se no setor do retalho online russo, a eBay no ano passado avançara que durante os próximos três  anos faz tenção de potenciar o seu crescimento em mercados como o brasileiro, o indiano e o chinês.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor