eBay despede 2400 funcionários e prepara separação de PayPal

e-Marketinge-PaymentNegócios

A multinacional eBay anunciou que vai despedir 2,4 mil trabalhadores até março. Para além de ter registado uma quebra no nível de crescimento, a empresa de comércio online está também a preparar uma reestruturação. Cerca de sete por cento do quadro de trabalhadores da gigante eBay vai ser dispensado até ao final do mês de

A multinacional eBay anunciou que vai despedir 2,4 mil trabalhadores até março. Para além de ter registado uma quebra no nível de crescimento, a empresa de comércio online está também a preparar uma reestruturação.

ebay

Cerca de sete por cento do quadro de trabalhadores da gigante eBay vai ser dispensado até ao final do mês de março. O último trimestre apresentou uma queda no crescimento da empresa e esta vaga de despedimentos é o resultado de um conjunto de medidas de reestruturação.

No entanto, o abrandamento da atividade não é o único motivo para a necessidade de implementação deste tipo de soluções. A eBay vai dividir as suas operações em duas empresas, separando-se da PayPal até ao final deste ano. A empresa, cujo negócio assenta num modelo de licitações, pretende também vender parte das suas operações ou até mesmo colocar a eBay Enterprise na bolsa.

Para o primeiro trimestre de 2015, a empresa de leilões online prevê receitas entre os 4,3 e os 4,4 mil milhões de dólares, valores mais baixos do que os esperados.

A verificar-se, a iminente alienação da PayPal concretizaria tanto os desejos de Carl Icahn, investidor irreverente da eBay, como os de Elon Musk, co-fundador do serviço de pagamentos digitais, que desde há muito que defendem ativamente esta separação.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor