Duelo de titãs “Icahn versus eBay” termina por agora

EmpresasNegócios

Carl Icahn e o eBay declararam hoje, à luz de um acordo, um cessar-fogo que, através do compromisso das exigências de ambas as partes, marca um momento de harmonia, temporário talvez, entre o acionista e a gigante de e-commerce. Embora uma vez mais nas luzes da ribalta, o irreverente multimilionário Icahn, desta vez, concordou rescindir

Carl Icahn e o eBay declararam hoje, à luz de um acordo, um cessar-fogo que, através do compromisso das exigências de ambas as partes, marca um momento de harmonia, temporário talvez, entre o acionista e a gigante de e-commerce.

carl icahn

Embora uma vez mais nas luzes da ribalta, o irreverente multimilionário Icahn, desta vez, concordou rescindir a sua demanda pela alienação do serviço de pagamentos online do eBay, o PayPal, e em pôr de lado os seus dois nomeados para o Conselho Diretivo. Contudo, o magnata não saiu a perder do acordo, visto que o eBay aquiesceu em que, a sugestão de Icahn, David Dorman, antigo CEO da AT&T, passasse a ser o mais recente membro da direção da gigante de comércio eletrónico.

Numa entrevista à CNBC, o diretor executivo John Donahoe, disse que o facto de se ter atingido um consenso entre o eBay e Icahn mostra que o investidor será um acionista a longo-prazo na empresa.

Após o que pareciam ser infindáveis discussões, finalmente conseguiu encontra-se terreno neutro, e Donahoe diz que agora Icahn tem noção do potencial do eBay.

Icahn, citado pela empresa norte-americana, diz estar bastante satisfeito com acordo e que acredita que Dorman será uma excelente adição ao Conselho Diretivo do eBay. No entanto, não deixa de referir, estoicamente, que o eBay beneficiaria, num futuro próximo, da alienação do PayPal, e que vai continuar a defender a sua posição em conversas confidenciais com a direção.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor