Dropbox vai entrar em bolsa

CloudFinançasNegócios

O serviço de armazenamento cloud Dropbox pediu oficialmente a entrada em bolsa. A IPO terá um valor de 500 milhões de dólares.

O serviço de armazenamento cloud Dropbox pediu oficialmente a entrada em bolsa. A IPO terá um valor de 500 milhões de dólares.

A empresa de armazenamento cloud, com sede em São Francisco, nos Estados Unidos, começou como um serviço gratuito para partilhar e armazenar fotografias, músicas e outros arquivos e compete diretamente com tecnológicas muito maiores, como é o caso da Alphabet, a Microsoft e a Amazon, assim como a sua maior rival, a Box.

No pedido regulatório, a Dropbox, que planeia ter as suas ações listadas na Nasdaq com o nome “DBX”, reportou uma receita de 1,11 mil milhões de dólares em 2017, um aumento de 31% em relação aos 844,8 milhões de dólares de 2016.

Por seu lado, a perda líquida da empresa diminuiu para 111,7 milhões de dólares em 2017. Em 2016, a perda líquida tinha sido de 210,2 milhões de dólares.

Daniel Ives, da GBH Insights, afirmou à Reuters que “com mais de mil milhões de dólares em receitas é percetível o sucesso da Dropbox ao longo dos últimos anos e é um número impressionante num espaço fértil”. Ives acrescentou que “o modelo de negócio da Dropbox foi escalado com sucesso”.

A Dropbox afirma que tem 11 milhões de utilizadores pagantes em 180 países. Mais de metade das receitas recebidas em 2017 terão chegado de clientes fora dos Estados Unidos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor