Dropbox terá assegurado mais 500 milhões

CloudNegócios

O serviço cloud Dropbox terá recolhido mais de 500 milhões de dólares de financiamento de débito. O financiamento ainda não foi confirmado pela empresa. A notícia foi avançada, ontem, pelo The Financial Times em que a empresa teria feito um crédito,com a J.P. Morgan a liderar o negócio. O The Financial Times sugere que o

O serviço cloud Dropbox terá recolhido mais de 500 milhões de dólares de financiamento de débito. O financiamento ainda não foi confirmado pela empresa.

DropboxA notícia foi avançada, ontem, pelo The Financial Times em que a empresa teria feito um crédito,com a J.P. Morgan a liderar o negócio.

O The Financial Times sugere que o dinheiro possa, em parte, ser usado para os data centers do Dropbox, ainda que, segundo uma fonte familiar ao plano diga que o financiamento não tem uma propósito específico, para além de que o capital seria bom para o negócio geral da empresa.

Atualmente, o Dropbox usa uma combinação de servidores da Amazon com os seus próprios.

No início do ano, a empresa recebeu 350 milhões de dólares. A empresa nunca anunciou oficialmente este investimento mas relatórios da empresa confirmaram o valor.

Esta é, também, uma boa altura para ter “dinheiro em mão”; a Google baixou drasticamente os preços da oferta da Google Drive, que compete diretamente com o Dropbox. Para um plano de cem gigas, a Google cobra 23,88 dólares. Pelo mesmo plano, o Dropbox quatro vezes mais: 99 dólares.

A empresa de armazenamento cloud planeia lançar novos produtos numa conferência de imprensa esta quarta-feira. Algumas fontes afirmam que deverá ser  lançado novas funcionalidades à volta da produtividade, movendo-se da simples noção de armazenar e sincronizar ficheiros online.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor