Dropbox prepara entrada em bolsa

Cloud

Ao que tudo indica, o serviço de cloud Dropbox prepara-se para a sua oferta pública inicial. O serviço baseado em São Francisco, Estados Unidos, pediu confidencialmente a entrada na bolsa norte-americana.

Ao que tudo indica, o serviço de cloud Dropbox prepara-se para a sua oferta pública inicial. De acordo com a Bloomberg, que cita pessoas dentro do assunto, o serviço baseado em São Francisco, Estados Unidos, pediu confidencialmente a entrada na bolsa norte-americana.

A Goldman Sachs e a JP Morgan Chase deverão liderar a IPO. A Dropbox estará a falar com outros bancos para participarem nesta entrada em bolsa, que deverá acontecer na primeira metade de 2018. A empresa está avaliada em 10 mil milhões de dólares.

A confirmar-se, a Dropbox é a primeira grande tecnológica a entrar na bolsa norte-americana depois da Snap Inc., empresa que detém o Snapchat. Ao contrário da Snap, a Dropbox tem vendas anuais superiores a mil milhões de dólares. Segundo o próprio CEO Drew Houston, numa entrevista dada no último ano, as receitas anuais da Dropbox devem-se a um período de mais de dois anos onde a empresa se focou nos seus produtos e expandiu o seu suite para as empresas.

A Dropbox é apenas uma das tecnológicas que deverá entrar em bolsa nos Estados Unidos. Também a ADT, que pertence à Apollo Global Management, deverá entrar na bolsa norte-americana já no próximo dia 18 de janeiro. O Spotify também poderá entrar em bolsa ainda este trimestre.

Em agosto de 2017, o serviço de cloud tinha 500 milhões de utilizadores, incluindo 200 mil negócios. O serviço permite às empresas manter os seus documentos acessíveis num espaço comum sem ter que construir o seu próprio servidor.

A Dropbox foi lançada em junho de 2007 e está disponível em 17 línguas para Windows, macOS, Android e iOS. Os seus fundadores foram Drew Houston e Arash Ferdowsi.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor