Dow Jones prestes a receber a Apple

Negócios

A Apple vai passar a figurar no Dow Jones Industrial Average a partir de 18 de março. Depois de ter registado os resultados mais altos alguma vez conseguidos por uma empresa norte-americana, a fabricante do iPhone vai substituir a AT&T num dos mais antigos e mais vistos índices do mundo. O Dow Jones Industrial Average,

A Apple vai passar a figurar no Dow Jones Industrial Average a partir de 18 de março. Depois de ter registado os resultados mais altos alguma vez conseguidos por uma empresa norte-americana, a fabricante do iPhone vai substituir a AT&T num dos mais antigos e mais vistos índices do mundo.

apple irlanda

O Dow Jones Industrial Average, ou DJIA, faz a média das 30 empresas mais significativas presentes nas Bolsa de Nova Iorque e no Nasdaq, e receberá a 18 de março a Apple, que virá tirar o lugar a um dos maiores nomes do setor das telecomunicações, a AT&T.

Em fevereiro, criadora do icónico iPhone comunicou resultados deixaram o mercado de queixo caído. Atingindo um valor de mais de 700 mil milhões de dólares, algo inédito na história das empresas norte-americanas, a Apple registou um aumento das vendas dos seus smartphones, nomeadamente na China, onde os seus iPhone 6 e 6 Plus comandaram o crescimento.

Segundo a Reuters, a Apple está agora avaliada em cerca de 736 mil milhões de dólares, ao passo que a AT&T tem um valor de mercado de 176,5 mil milhões.

Apesar do preço elevado das ações da Apple, alguns analistas, avança o TechCrunch, acreditam que os títulos estão ainda a ser subvalorizados, por comparação às das suas rivais.

Consta que um dos fatores que contribuiu para a entrada da Apple no DJIA foi o iminente desdobramento de ações, ou stock split, da Visa, que afetará todas as 30 empresas que fazem parte deste índice. Desta forma, a fabricante de smartphones e tablets vem atuar como uma espécie de “contrapeso” para atenuar os impactos.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor