DNS.PT potencia crescimento dos websites de domínio angolano

EmpresasNegócios

A associação DNS.PT assinou um acordo de parceria com o Centro Nacional das Tecnologias da Informação (CNTI) de Angola, que visa operacionalizar a co-gestão do domínio angolano .ao. Sendo responsável pelo registo, gestão e manutenção do domínio .pt e prestando já apoio técnico ao .ao, a DNS.PT passará também a ser responsável pela instalação e

A associação DNS.PT assinou um acordo de parceria com o Centro Nacional das Tecnologias da Informação (CNTI) de Angola, que visa operacionalizar a co-gestão do domínio angolano .ao.

DNS.PT CNTI Angola

Sendo responsável pelo registo, gestão e manutenção do domínio .pt e prestando já apoio técnico ao .ao, a DNS.PT passará também a ser responsável pela instalação e operação dos servidores primários do domínio angolano e pelos servidores secundários que serão integrados no centro de dados do CNTI.

Adicionalmente, a associação portuguesa terá ainda a seu cargo o desenvolvimento, implementação e manutenção do portal de suporte ao domínio .ao.

Esta parceria sublinha o compromisso da DNS.PT para com o desenvolvimento digital dos países-membros da CPLP. “Recentemente, o DNS.pt foi escolhido para dar todo o apoio técnico e jurídico no lançamento e operação inicial do ccTLD da Guiné Bissau, o .gw”, disse a portuguesa em comunicado, referindo-se ao lançamento oficial do domínio .gw, que ocorreu no passado dia 27 de novembro.

A DNS.PT, presidida por Luísa Lopes Gueifão e sucessora da FCCN (Fundação para a Computação Científica Nacional), tem como objetivo garantir o devido funcionamento, gestão e conformidade dos websites registados sob o domínio .pt.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor