Diálise em casa mas… doentes ligados remotamente ao hospital

Negócios

A Baxter lançou um sistema pioneiro de diálise em casa que permite ligar remotamente os doentes ao hospital. Em Portugal são já três os hospitais a aderirem.

A Baxter Portugal lançou um sistema de diálise peritoneal automatizado HomeChoice Claria, num projeto piloto que começou em três hospitais (Hospital de Santa Maria e Santa Cruz em Lisboa, e Centro Hospitalar São João no Porto).

“O novo sistema HomeChoice Claria vem revolucionar o setor da diálise através da inclusão da plataforma inovadora Sharesource”, garante a empresa de produtos médicos renais. 

Trata-se de uma plataforma de conectividade que permite ligar remotamente, através de dados móveis, os doentes que efetuam a Diálise Peritoneal Automatizada (DPA), que é realizada em casa, aos profissionais de saúde que os acompanham nos hospitais.

“Com o Sharesource, os médicos podem aceder remotamente à informação de tratamento dos seus doentes, efetuando os ajustes necessários e possibilitando um cuidado personalizado”.

Algumas das vantagens que a empresa atribui a esta plataforma são o acesso rápido aos dados específicos de tratamento dos doentes, o que permite uma gestão mais proativa por parte dos profissionais de saúde, bem como uma monitorização mais próxima e frequente do tratamento e uma maior disponibilidade para o suporte adequado.

“O sistema HomeChoice Claria permite ainda uma deteção mais rápida de problemas associados ao tratamento, e também um menor número de visitas de emergência e hospitalizações”.

“No fundo, isto traduz-se num aspeto muito importante para nós, que é a confiança que os doentes sentem quando sabem que têm o seguimento próximo de um profissional de saúde, a partir do conforto das suas casas. Mas igualmente relevante é o facto de reduzirmos as visitas ao hospital, bem como o tempo que poupamos aos profissionais de saúde, tornando mais eficientes as práticas clínicas. O HomeChoice Claria reduz a colocação manual de dados, reunindo toda a informação clínica do paciente em relatórios organizados que são facilmente acessíveis por parte dos médicos”, explicou Filipe Paias, Diretor-Geral Baxter Portugal.

“Este lançamento é um passo muito importante na nossa história, que sempre foi pautada pelo investimento na inovação e formação científicas no setor da diálise. Esperamos que este projeto piloto e estes primeiros doentes sejam as primeiras de muitas histórias de sucesso. O nosso objetivo é contribuir para melhorar a vida de quem sofre de insuficiência renal, e o HomeChoice Claria com Sharesource veio revolucionar o mundo da diálise”, completa.

A empresa diz que todos os anos surgem mais de dois mil casos de doentes em falência renal. Segundo dados da Sociedade Portuguesa de Nefrologia, no ano de 2015, encontram-se em tratamento substitutivo da função renal cerca de 19.000 doentes (18.928). Os números apontam para 12.265 doentes em Diálise, dos quais 751 em Diálise Peritoneal e 11.514 em Hemodiálise. Por outro lado.

“Todo o sistema foi desenhado de forma a ser facilmente percetível ao utilizador, garantindo a conectividade necessária para que os profissionais de saúde possam ter melhor visibilidade e controlo da DPA dos seus doentes, bem como efetuar os ajustes necessários. O HomeChoice Claria tem um ecrã grande e de visualização fácil dos dados, e um interface universal disponível em 41 línguas”.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor