Devolo expande compromisso com investigação em smart home

EmpresasNegócios

A Devolo está a expandir o seu compromisso com a investigação a nível europeu. Como parte da iniciativa Eureka/Celtic+, o projeto de investigação ACEMIND destina-se a simplificar a instalação e utilização de componentes “smart home”. O projeto ACEMIND (que significa Advanced Convergent and Easily Manageable Innovative Networks Design) destina-se, como referido, a simplificar a instalação

A Devolo está a expandir o seu compromisso com a investigação a nível europeu. Como parte da iniciativa Eureka/Celtic+, o projeto de investigação ACEMIND destina-se a simplificar a instalação e utilização de componentes “smart home”.

modern-house-design-dramatic-conceptO projeto ACEMIND (que significa Advanced Convergent and Easily Manageable Innovative Networks Design) destina-se, como referido, a simplificar a instalação e utilização de componentes “smart home”, qualquer que seja a sua tecnologia de comunicação subjacente. Isto significa que não são só dispositivos “clássicos” numa rede doméstica, como computadores, tablets e smartphones, mas também máquinas de lavar, frigoríficos e televisores.

Enquanto empresa especializada na comunicação Powerline e líder de mercado no seu segmento, a Devolo está a contribuir com o seu conhecimento em tramissão de dados através de linhas de corrente para o projeto ACEMIND que se iniciou em Outubro de 2013 e está planeado para decorrer ao longo de um período de três anos.

O ACEMIND tem como objetivo oferecer uma infraestrutura de rede standardizada de forma a oferecer aos consumidores finais a maior flexibilidade possível na aquisição e comparação de preços de componentes individuais. Assim, as tecnologias e normas de comunicação atuais e furutras deverão interagir entre si sem problemas e identificarem de forma independente qual a melhor opção de transmissão de dados em cada caso.

No final, afirma a Devolo, será significativamente mais fácil para os consumidores combinarem produtos multimédia e de “smart home” numa só rede. Esta rede híbrida deverá ser altamente intuitiva e fácil de usar. O projeto ACEMIND procura também fornecer aos correspondentes dispositivos terminais a capacidade de gestão remota por parte dos operadores de rede.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor