Deutsche Telekom quer criar “escudo” para tráfego de Internet

e-MarketingSegurança

A maior operadora de telecomunicações alemã, a Deutsche Telekom, quer criar um “escudo” para o tráfego de Internet local contra espiões estrangeiros fazendo com que as conexões passem apenas pelo país. Depois dos vários escândalos com as agências norte-americanas, entre eles o acesso a mensagens privadas de cidadãos alemães, a Deutsche Telekom anunciou que o

A maior operadora de telecomunicações alemã, a Deutsche Telekom, quer criar um “escudo” para o tráfego de Internet local contra espiões estrangeiros fazendo com que as conexões passem apenas pelo país.

E-mailDepois dos vários escândalos com as agências norte-americanas, entre eles o acesso a mensagens privadas de cidadãos alemães, a Deutsche Telekom anunciou que o tráfego de e-mail local vai passar exclusivamente por servidores dentro da Alemanha.

A empresa quer chegar a um acordo com os fornecedores de Internet para que quaisquer dados transmitidos domesticamente não saiam das fronteiras alemãs.

Um representante da empresa afirmou que “num próximo passo, esta iniciativa pode ser expandida para o espaço Schengen”, referente ao grupo de 26 países europeus, onde se excluí a Grã-Bretanha, que abandonaram os controlos de imigração.

O jornal alemão Der Spiegel anunciou, em junho, que os Estados Unidos tinham “explorado” milhões de chamadas, e-mails e mensagens escritas no mês típico na Alemanha.

O facto de o governo poder ser espiado é um tema sensível na Alemanha devido à constante vigilância no antigo Este comunista e sob a governação de Hitler.

O “provider” de Internet QSC, um concorrente da Deutsche Telekom, questiona a viabilidade do plano, afirmando que não é possível determinar claramente onde os dados estão, seja nacional ou internacionalmente.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor