Deutsche Telekom considera parceria para a T-Mobile

Negócios

Tim Hoettges, CEO da Deutsche Telekom, afirmou esta quinta-feira que irá considerar qualquer parceiro que possa aumentar a rentabilidade das suas operações em solo norte-americano. A Deutsche Telekom detém 66 por cento da T-Mobile US e o CEO da empresa alemã afirmou que “é nosso dever melhorar o retorno da T-Mobile US”, acrescentando que “se

Tim Hoettges, CEO da Deutsche Telekom, afirmou esta quinta-feira que irá considerar qualquer parceiro que possa aumentar a rentabilidade das suas operações em solo norte-americano.

Timotheus Hottges CEO Deutsche telekom

A Deutsche Telekom detém 66 por cento da T-Mobile US e o CEO da empresa alemã afirmou que “é nosso dever melhorar o retorno da T-Mobile US”, acrescentando que “se encontrarmos um parceiro que nos ajude a fazê-lo, vamos obviamente considerá-lo”.

A T-Mobile US é, atualmente, a quarta maior operadora de Wireless nos Estados Unidos, tendo posto fim a anos de perda de clientes e subscritores com cortes de preço, marketing e planos de wireless bem divulgados nos últimos trimestres.

No último ano, a Deutsche Telekom tentou vender a T-Mobile à Sprint, terceira maior empresa da área nos Estados Unidos, mas o acordo acabou por cair por terra depois de resistência das entidades regulatórias.

Em 2014, a T-Mobile US teve um aumento de oito milhões de clientes, o maior crescimento da história da empresa.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor