Cryptolocker já afetou mais de 250 mil utilizadores

Segurança

O Cryptolocker, vírus que sequestra dados digitais e chantageia o utilizador para os devolver, já afetou mais de 250 mil utilizadores. Este malware começou por ser dirigido às empresas mas atualmente os consumidores também estão a ser cada vez mais afetados por este problema de segurança. O Cryptolocker é uma ameaça de segurança que garante

O Cryptolocker, vírus que sequestra dados digitais e chantageia o utilizador para os devolver, já afetou mais de 250 mil utilizadores.

Cryptolocker2Este malware começou por ser dirigido às empresas mas atualmente os consumidores também estão a ser cada vez mais afetados por este problema de segurança.

O Cryptolocker é uma ameaça de segurança que garante acesso a dados do utilizador como fotografias, documentos ou outros conteúdos. Este malware codifica os dados e em seguida pede um resgate para devolver a informação sequestrada ao formato original, dando ao utilizadores um prazo para fazer o pagamento.

De acordo com a Dell Secureworks, o malware já afetou mais de 250 mil computadores e a frequência crescente destes ataques deixaram de ser uma preocupação exclusiva das empresas, pois são agora também uma ameaça real para utilizadores privados.

O ataque está a ser dirigido a utilizadores Windows, pressionando estes a cederem à chantagem, colocando no ecrã dos computadores afetados um cronómetro que vai mostrando o tempo disponível para fazer o pagamento a esgotar-se.

Os países mais afetados pelo Cryptolocker são os Estados Unidos, o Reino Unido, a Austrália e a França, apresentando um número elevado de ataques já identificados.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor