Critical Software suporta missão GAIA

EmpresasNegócios

A Critical Software, empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de sistemas de informação críticos e cuja génese está profundamente ligada à NASA, para quem desenhou as suas primeiras soluções e projetos, contribuiu com a sua tecnologia e know-how para a concretização da missão GAIA, Global Astrometric Interferometer for Astrophysics. A Critical Software a bordo da

A Critical Software, empresa especializada no desenvolvimento e comercialização de sistemas de informação críticos e cuja génese está profundamente ligada à NASA, para quem desenhou as suas primeiras soluções e projetos, contribuiu com a sua tecnologia e know-how para a concretização da missão GAIA, Global Astrometric Interferometer for Astrophysics.

Gaia-01-1024x679A Critical Software a bordo da GAIA da Agência Espacial Europeia vai processar os dados científicos antes destes serem enviados para a Terra, numa missão que tem como objetivo criar o maior e o mais rigoroso mapa da nossa galáxia, permitindo compreender a sua formação e evolução de forma mais completa, ao longo dos próximos cinco anos.

O principal objetivo da missão GAIA é construir o mapa tridimensional da nossa galáxia mais preciso e rigoroso de sempre, através do levantamento de um por cento das cerca de cem mil milhões de estrelas existentes no Universo, de modo a permitir a revelação da composição, formação e evolução da galáxia. Os instrumentos da missão GAIA vão fornecer medidas de velocidade radial e posicional com as precisões necessárias para produzir um censo estereoscópico e cinemático de cerca de mil milhões de estrelas da nossa galáxia e todo o Grupo Local, valor que representa cerca de um por cento da população estelar galática.

A empresa participou em várias fases e projetos relacionados com o desenvolvimento e concretização da missão GAIA, destacando-se o trabalho realizado em colaboração com a ESA para a avaliação e melhoria do Sistema de Controlo de Missão que é responsável pelas operações de receção de dados científicos e envio de comandos, pela monitorização de todos os parâmetros da missão, pelas operações de manutenção da órbita, pelas manobras de correção da navegação e por evitar que o satélite seja afetado por eclipses terrestres.

A Critical também participou na criação de um simulador do Focal Plane Assembly para gerar imagens iguais às que a missão GAIA vai captar. A validação do FPA foi executada contra as imagens de referência geradas pelo simulador desenvolvido, tendo em consideração o modelo de física do CCD e as características dos corpos celestes. Os resultados do simulador serviram para consolidar o FPA, para as especificações CCD e para permitirem a integração com o simulador de unidade de processamento de vídeo da sonda GAIA.

A empresa prestou igualmente suporte à GAIA VPU SW Production Team nas instalações do Reino Unido da Astrium Ltd. A Unidade de Processamento de Vídeo é um dos instrumentos de carga a bordo da missão. O suporte prestado pela Critical Software incluiu as especificações da arquitetura, a conceção e a implementação do software da Unidade de Processamento de Vídeo. Esta empresa foi particularmente responsável pelo design e pela codificação da maioria dos componentes de software.

“A Critical Software está muito orgulhosa por participar em mais um relevante projeto da indústria espacial. A preferência da Agência Europeia Espacial pelas nossas soluções e know-how corrobora a inegável capacidade e liderança da empresa enquanto parceiro tecnológico numa das áreas de mercado mais exigentes e competitivas do mundo, o setor da exploração espacial”, refere Paulo Guedes, Business Development Manager da Critical Software.


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor