Concurso Montepio Acredita Portugal escolheu vencedores

InovaçãoNegóciosStartup

Os vencedores das várias categorias da 7.ª edição do Concurso Montepio Acredita Portugal foram anunciados no dia 2 de junho, na VII Gala do concurso, que decorreu no Centro de Congressos de Lisboa. Os projetos que se evidenciaram foram OPTIBEST, WePark, FoundVet, Blood Reprogramming Technologies, Graphenest – Advanced Nanotechnology, K-NINE Healthy Chews e SMARTFOREST.

Os sete vencedores foram escolhidos entre mais de 12.000 ideias submetidas a concurso, sendo que dois terços dos candidatos nunca tinha participado em concursos de empreendedorismo e 14% já haviam participado em edições anteriores do concurso.

O maior número de projetos submetido está relacionado com as áreas da Indústria de Alta Tecnologia (1.410 projetos), seguidos do Comércio e Retalho (1.368), Restauração (1.289), Turismo (867) e Saúde (732).

De acordo com a organização do evento, 52% dos candidatos tinha apenas “uma ideia”, 14% um plano de negócios desenvolvido, 18% tinha já o protótipo. A obtenção de financiamento (77%), a burocracia (40%), a pouca disponibilidade horária para a implementação do negócio (30%), foram as três principais dificuldades identificadas pelos candidatos.

Os participantes receberam vários prémios, avaliados em mais de 500 mil euros, atribuídos pelos parceiros, como a impressão gratuita de 250 cartões de visita premium pela 360 Imprimir; vouchers de formação na Flag; oferta do software de faturação pela Sage; domínio, alojamento e correio eletrónico fornecidos pela DNS; contabilidade gratuita pela Conceito; acompanhamento ao desenvolvimento do plano de viabilidade pela SBI Consulting; clipping e assessoria de imprensa assegurados pela Creative Minds.

Além destes, os vencedores do Prémio Brisa Mobilidade 2017 vão beneficiar do apoio da Brisa na entrada no mercado. Do Prémio K.Tech faz ainda parte um programa, atribuído pela KCS IT, de uma bolsa de horas para a implementação das melhores práticas a nível de PMI. A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG)e o Impact Hub garantem a incubação dos três projetos finalistas da categoria de empreendedorismo social.

Projetos vencedores:

OPTIBESTPrémio Montepio Empreendedorismo Social – Projeto que visa a doação de óculos a quem não tem possibilidades de os adquirir. Os beneficiários são identificados pelas IPSSs. A Sociedade Portuguesa de Oftalmologia disponibiliza uma consulta de saúde ocular e, posteriormente, o banco de óculos fornece as armações usadas. A OPTIBEST junta tudo isto e desenvolve os óculos que serão disponibilizados à população mais carenciada;

WeParkPrémio Brisa Mobilidade 2017 – Serviço personalizado de estacionamento de veículos que funciona através de uma aplicação mobile e proporciona uma experiência mais cómoda aos clientes, disponibilizando motoristas de confiança para estacionar os seus veículos nos grandes centros urbanos;

FoundVetPrémio K.Tech – Criação de uma aplicação mobile que permite aos proprietários dos animais de companhia solicitarem uma consulta veterinária ao domicílio. Às clínicas/hospitais veterinários permite ter uma base de dados dos médicos veterinários disponíveis para prestar cuidados médicos por área de atuação;

Blood Reprogramming Technologies – Baseia-se numa tecnologia de reprogramação celular que permite gerar células estaminais do sangue funcionais, compatíveis e em número suficiente a partir de células da pele;

Graphenest – Advanced Nanotechnology – Desenvolvimento e comercialização de método low cost para a produção de grafeno e compósitos avançados;

K-NINE Healthy Chews – A Milk Dynamics criou um biscoito de roer para cães (chew). Apelidam-no como o mais saudável e seguro do mercado.;

SMARTFOREST – Monitorização inteligente de incêndios florestais, com recurso a dados ambientais, obtidos em tempo real através de uma rede ad hoc descentralizada de sensores sem fio.

 


Clique para ler a bio do autor  Clique para fechar a bio do autor